Após troca de farpas

Mara Maravilha sobre choro no "Fofocalizando": "Sou um ser humano e priorizo a paz"

"Eu creio que todo bom profissional deveria ser um excelente ser humano", brada a apresentadora

Reprodução

Publicado em 06/08/2018 às 06:30:55

Por: Sandro Nascimento

Na última quinta-feira (02), os apresentadores Mara Maravilha e Leo Dias protagonizaram um climão ao vivo no programa "Fofocalizando", do SBT.

No ápice da troca de farpas, que iniciou por divergência de opiniões sobre a separação de Sheila Mello e Fernando Scherer, o Xuxa, Mara acabou chorando e pediu respeito ao jornalista.

Em entrevista ao NaTelinha, pela primeira vez, a apresentadora do "Fofocalizando" explicou sobre ter chorado no vespertino: "assim como todo mundo, sou um ser humano. E em primeiro lugar, priorizo a paz! Podem até pensar que não, mas quero paz literalmente", disse.

Semanalmente, o programa vem ganhando repercussão na mídia e chamando atenção nas redes sociais por causa das indiretas e até mesmo diretas cada vez mais pesadas, envolvendo seu elenco.

Sobre as polêmicas e as discussões no "Fofocalizando", sem citar nomes, a morena que foi ícone infantil nos anos 80 e 90 comentou: "eu creio que todo bom profissional deveria ser um excelente ser humano". Para Mara Maravilha, um ambiente de trabalho exige respeito e ética para "o bem de todos, e principalmente, pros resultados positivos da empresa".

"Amo trabalhar no SBT e ter o Silvio Santos como 'paitrão', entendeu? O número de profissionais envolvidos é imenso, desde os diretores Fernando Pelégio, Márcio Esquilo, produção, técnica, minha maquiadora Nívea, a minha camareira Eliane, a Vera cabeleireira... Enfim, o que quero dizer é que seria muita pretensão alguém pensar que é insubstituível", completou a apresentadora, que foi descoberta por Silvio Santos quando comandava o "Clube do Mickey", na TV Itapoan de Salvador, em 1982.

Envelhecendo na TV

Em março, Mara Maravilha completou 50 anos idade. Quando estreou na grade do SBT à frente do infantil "Show Maravilha", em 1987, tinha 19. Segundo a baiana, ela teria tomado algumas decisões diferentes no passado, com a experiência que acumulou ao longo do tempo.

"Precipitação, insegurança, imprudência... Teria sido ótimo se eu tivesse a cabeça de hoje na minha juventude. Sei que modestamente sou inteligente e aprendi com os meus próprios erros. Sábio aprende com os erros dos outros. Está dada a dica. Mas algo que sempre me ajudou foi humildade e respeito ao próximo e respeito por mim. Ser humilde é bem diferente de se humilhar", explicou.

Questionada sobre como é envelhecer na televisão, Mara afasta qualquer temor sobre o tema e brinca dizendo que faz "manutenções". Além disso, diz que se tornou uma senhora cheia de vida, saúde, sabedoria e alegria para entreter o público e Silvio Santos.

"Veja bem, quero viver bastante. Aliás, gostaria de nem experimentar a morte. Mas creio na vida eterna, então, bora envelhecer aqui, nessa vidinha. Claro que a carcaça enferruja e a gente tem que sempre fazer manutenções (risos). Mas não tenho medo, porque a velhice, principalmente, é um estado de espírito. Eu estou virando uma jovem senhora cheia de vida, saúde, sabedoria e muita alegria pra entreter o grande público da melhor forma possível e para o Silvio (risos). Assim como ele, também quero dedicar a minha vida à TV, se Deus quiser, é claro", bradou.

"Eu pedi para sair da TV e fiquei quase 20 anos fora. Eu pedi também para voltar, e agora voltei pra ficar, porque o SBT é meu lugar", finaliza Mara Maravilha.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!