Diversidade

Friends: David Schwimmer revela que queria mais diversidade na série e projeta reencontro

Intérprete de Ross afirma que seu personagem deveria ter namorado mulheres de todas as raças

Friends: David Schwimmer revela que queria mais diversidade na série e projeta reencontro
O Ross de Friends: David Schwimmer - Divulgação

Publicado em 09/07/2020 às 11:22:00 ,
atualizado em 09/07/2020 às 11:36:52

Por: Redação NT

Protesto que tomou conta dos Estados Unidos, o Vidas Negras Importam iniciou uma onda contra o racismo sistêmico e brutalidade policial em apelos por uma maior diversidade nos filmes e TV. David Schwimmer, um dos protagonistas de Friends (1994-2004), estava ciente que essa diversidade já deveria ter sido colocada em prática na época da série. E pedia por isso.

Embora o ator não tenha tido o poder de mudar o elenco todo branco, o intérprete de Ross revelou numa entrevista ao programa The ET Interview: "Parecia errado não haver representação suficiente na série". Seu personagem teve duas mulheres que não foram brancas ao longo de Friends, Julie, interpretada por Lauren Tom (asiática) e Charlie Wheeler, vivida por Aisha Tyler (negra).

"Eu apenas pensei... Realmente senti que Ross deveria namorar outras pessoas, mulheres de todas as raças", acrescentou. Além disso, o ator achava bacana como Friends abordava os personagens gays.

Episódio piloto de Friends

O primeiro episódio da série, considerado piloto, ainda em 1994, contou com a esposa de Ross, Carol, se separando dele para iniciar um relacionamento com uma mulher chamada Susan, enquanto estava grávida de seu filho. Apesar das circunstâncias, todos os três acabaram criando o filho juntos.

"Friends estava fazendo coisas incríveis. Se você se lembra do piloto, meu personagem estava perdendo a esposa para uma mulher. A maneira como eles relataram o casamento gay no programa e como nós, família, fizemos funcionar... Achei ótimo", comentou.

E a reunião da série?

O ator também foi questionado sobre a reunião do elenco 16 anos depois, especial da HBO Max que foi adiada devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Embora alguns executivos tenham expressado esperança de um especial barato e rápido no qual o elenco simplesmente interaja por meio de bate-papo por vídeo, ele quer esperar até que todos possam atuar juntos com segurança.

"Posso dizer que esperamos filmar a reunião de Friends em agosto, mas honestamente, só faremos isso quando for seguro a todos. Sempre houve uma esperança de um reencontro, e há uma expectativa, o que torna isso complicado. Não vamos arriscar a saúde de ninguém fazendo isso", reafirmou.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!