Sucesso

De Stranger Things a Elite: As novas séries que estão fazendo a cabeça dos adolescentes

As produções fisgaram o público jovem, mas também milhões de adultos em todo mundo

De Stranger Things a Elite: As novas séries que estão fazendo a cabeça dos adolescentes
Séries adolescentes estão fazendo sucesso - Foto: Montagem

Publicado em 22/05/2020 às 06:55:37

Por: Redação NT

Antigamente, as séries feitas para os adolescentes eram consideradas “subgênero” e não entravam nas grandes premiações. Com Skins (2007-2013), o modo de enxergar essas produções mudaram e atualmente elas costumam ter grande divulgação por parte das emissoras de TV e plataformas de streaming, além de estarem concorrendo nos principais eventos do setor, como Sex Education, Elite e Stranger Things.

Essa virada de chave no universo teen na dramaturgia tem feito muito sucesso não apenas entre jovens, mas também adultos, já que os temas abordados são aprofundados e os roteiristas estão tratando a vida dos adolescentes de maneira crua.

Por conta disso, o NaTelinha listou seis produções atuais que estão fazendo o maior sucesso entre o público e sendo aclamadas pelos especialistas.

Confira:

Sex Education

Sex Education estreou em janeiro do ano passado e sua premissa parece com foco no público adolescente. Otis, um virgem do ensino médio que sofre para socializar com as outras pessoas por conta do seu jeito desajeitado. Ele vive com a sua mãe, uma terapeuta sexual, que não faz questão de esconder seu estilo honesto e curioso.

Seu melhor amigo, Eric, é homossexual e tenta aconselhar o amigo a ter uma vida sexual mais ativa. Só que Otis não o escuta, apesar de ter um dom: ter conhecimento sobre sexo. A misteriosa Maeve percebe esse talento e o usa para ganhar dinheiro, montando uma clínica na escola que eles estudam para ajudar estranhos com problemas sexuais.

Mas há muita cena de sexo e a direção foge um pouco das sutilezas. Os personagens fazem com frequência sexo, tendo momentos de nudes na trama. Apesar de usar do bom humor para tratar as situações sexuais, há erotização.

Por ser uma série de adolescente, as notícias sobre Sex Education não animaram os especialistas, mesmo tendo no elenco nomes como Gillian – vencedora do Emmy em 1997 – e James Purefoy. Mas logo que a Netflix lançou a primeira temporada, o sucesso foi imediato.

No Metacritic, site que reúne as avaliações dos principais críticos de TV do mundo – a série tem 80 pontos. As duas primeiras temporadas fizeram muito sucesso e os 16 episódios da série estão disponibilizadas na plataforma. A empresa confirmou que a produção britânica terá uma terceira temporada no ano que vem.

Soy Luna

Luna Valente (Karol Sevilla) é uma adolescente que adora cantar e patinar. Cheia de sonhos e determinação, ela faz de tudo para se tornar uma patinadora profissional e dar orgulho aos seus familiares que acreditam no potencial dela.

Sua mãe recebe uma proposta de emprego para morar em Buenos Aires, capital da Argentina, e Luna se vê obrigada a deixar Cancún, cidade que ama muito, para ter que viver em um lugar totalmente desconhecido. Contudo, aos poucos, ela faz novos amigos e inicia seu processo de amadurecimento.

A série argentina teve três temporadas entre 2016 e 2018, contabilizando 80 episódios, e ganhou três especiais neste ano. Sua exibição ocorreu originalmente pela Disney Channel América Latina e foi distribuída para dezenas de países.

O elenco é cheio de atores de diversos países como México, Argentina, Chile, Venezuela e até mesmo Espanha. Karol Sevilla, que faz a protagonista, conquistou fama em boa parte da América Latina e Soy Luna é cercada de uma legião de fãs.

Elite

Série da Netflix, Elite ganhou um “vendedor” indireto para divulgá-la: La Casa de Papel. Muitos dos atores da produção fizeram o fenômeno espanhol e isso chamou atenção dos fãs, que rapidamente quiseram acompanhar os desdobramentos dos personagens.

O enredo segue três alunos do ensino público que são transferidos para Las Encinas, a melhor e mais exclusiva escola na Espanha, no qual os filhos dos mais ricos do país estudam. Em cima disso, ocorre um grande debate sobre desigualdade social e ocorre um assassinato.

A partir daí, todos se tornam suspeitos e o público passa a questionar: quem matou? Por qual motivo matou? Claro que a série também é cheia de cenas quentes, romances e conflitos adolescentes.

Elite tem três temporadas e contabiliza, ao todo, 24 episódios. Miguel Herrán e Jaime Lorente são as estrelas de La Casa de Papel e também da produção dedicada ao público jovem.

Euphoria

Com selo HBO, Euphoria prometeu revolucionar o universo das séries adolescentes, sendo inclusive comparada a Skins, fenômeno britânico da década passada, Prometido e feito: a produção ganhou prestígio e a protagonista, Zendaya, chegou a entrar na lista de possíveis indicadas ao Emmy.

A série gira em torno de Rue, uma adolescente de 17 anos que é dependente química recém saída de um estabelecimento de reabilitação. Ela precisa lidar com seus conflitos internos e com as novas amizades.

Aos poucos, enquanto volta à rotina, passa a entender um pouco mais dos sentimentos dos seus colegas de escola e acaba vendo que diversos conflitos do passado, como sexo e drogas, continuam na sua vida.

A primeira temporada contou com oito episódios e a HBO renovou para uma segunda parte por conta do sucesso. Por causa da pandemia do novo coronavírus, a emissora ainda não revelou a data dos novos episódios.

13 Reasons Why

Os 13 Reasons Why estreou em 2017 e se tornou um dos maiores fenômenos da Netflix, tanto de audiência, quanto em repercussão. A empresa precisou colocar aviso no início dos episódios por conta da influência que o programa vinha tendo com adolescentes e jovens dos Estados Unidos.

Programada para ter uma temporada, a Netflix acatou os pedidos dos fãs e deu prosseguimento a produção – fato criticado pelos especialistas norte-americanos. Após inúmeras reclamações, a plataforma decidiu dar um ponto final ao enredo.

O pontapé inicial do enredo é quando uma caixa de sapatos é enviada para Clay (Dylan Minnette) por Hannah (Katherine Langford), sua amiga e paixão platônica secreta de escola. O garoto fica surpreso com as informações que há nas fitas sobre os motivos que levaram a jovem a tirar a própria vida, levando-o a fazer justiça.

A última temporada contará com 13 episódios e terá no elenco o ator Gary Sinise, conhecido por trabalhos no filme Forrest Gump e na série CSI: NY. Ele dará vida ao psicólogo Dr. Robert Ellman, que terá como missão inicial compreender os dramas de Clay.

Stranger Things

O sucesso da última safra de episódios da série foi grande, segundo a própria Netflix, já que no primeiro mês de lançamento foi vista por 130 milhões de pessoas em todo planeta.

Ambientada na cidade de Hawkins, a série é repleta de referências da época e regada a muita nostalgia de quem viveu no período em que Michael Jackson era o principal astro da música, Oprah Winfrey despontava como uma das maiores comunicadoras do mundo e as produções internacionais ganhavam espaço na TV brasileira.

Stranger Things é a única série da lista que foi indicada ao Emmy como Melhor Série Dramática e sua quarta temporada promete ser mais sombria que as outras três, conforme revelou os criadores da história.

publicidade




LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!