Lista NT

Raio-X das produções que a Apple aposta em sua nova plataforma

O streaming trouxe séries inéditas, mas ainda não tem um catálogo extenso como as concorrentes

Raio-X das produções que a Apple aposta em sua nova plataforma
Séries da Apple TV+ - Foto: Montagem

Publicado em 03/11/2019 às 09:30:00

Por: Naian Lucas

A Apple TV+ foi lançada na última sexta-feira (01) cercada de expectativa tanto da imprensa, quanto do público que consome séries, documentários e filmes.

Neste início, o aplicativo não apresentou um cardápio variado como suas concorrentes Prime Vídeo e Netflix. Entretanto, seus assinantes já tiveram a oportunidade de degustar algumas produções, como The Morning Show - seu chamariz - e Dickinson.

Por conta disso, o NaTelinha listou as produções da Apple TV+ e como tem sido a avaliação dos analistas americanos sobre essas produções.

Confira

The Morning Show

O seriado contará com 10 episódios e é o grande chamariz do novo aplicativo da Apple. Jennifer Aniston e Reese Witherspoon são as protagonistas do enredo, que ainda conta no elenco com Steve Carell.

A trama gira em torno de um jornal de TV que faz muito sucesso nos Estados Unidos. O coapresentador, interpretado por Steve, é demitido devido a acusações de assédio sexual e a personagem de Aniston fica sem seu parceiro de bancada após 15 anos.

Ela descobre que iria ser demitida, mas a saída do seu colega de programa mudou os planos da emissora. Ao perceber que a direção do canal não a enxerga mais como uma grande estrela, a protagonista dá um giro no enredo, envolvendo a personagem de Witherspoon.

“Eu adoro programas matutinos, e ter a chance de descobrir o mundo por trás disso é fascinante... foi a coisa mais gratificante que fiz em anos”, falou Jennifer em entrevista aos jornalistas do Reino Unido.

Apesar de ter chegado com grande expectativa, o desenvolvimento da produção dividiu opiniões. Enquanto os críticos americanos fizeram análises negativas sobre a obra, tendo nota 60 no Rotten Tomatoes, o público gostou dos episódios iniciais, dando uma aprovação de 90 pontos.

The Morning Show coloca em foco temas como de assédio moral e sexual, discutindo o movimento Me Too.

See

A primeira temporada terá oito episódios e apostará no realismo fantástico épico, buscando atrair o público de Game of Thrones. A Apple investiu cerca de US$ 15 milhões por episódio e tem como protagonista Jason Momoa.

A série recebeu elogios pelo seu visual, trazendo cenas bonitas de paisagens do norte dos Estados Unidos, figurinos caprichados e direção de arte fora do comum. Só que a análise positiva para por aí.

Se The Morning Show não agradou os críticos, See foi ainda pior avaliado, tendo média abaixo dos 40 pontos no Rotten Tomateos.

A ideia central gira em torno de um vírus que exterminou boa parte da população mundial, deixando cegos os que sobreviveram. Passam-se seis séculos e a maioria das pessoas continua sem enxergar, vivendo numa tribo. Contudo, Baba Voss, o protagonista, é um dos poucos que tem visão e recebe a missão de proteger sua tribo.

Dickinson

Baseada em fatos reais, a série contará com 10 episódios e foi a produção que recebeu a melhor avaliação da crítica especializada americana, mas bem abaixo das grandes produções dos Estados Unidos.

A história é sobre a poetista Emily Dickinson, que nasceu em 1830 e é considerada uma das maiores escritoras do seu país. O enredo é uma comédia de época, ambientada no período em que a artista viveu.

Estão no elenco Haille Steinfeld, Ella Hunt, Jane Krakowski, Toby Huss e Anna Baryshnikov.

For All Mankind

A primeira missão tripulada à Lua também ganhou espaço na nova plataforma da Apple. A série também mostra a Corrida Espacial entre os Estados Unidos e a União Soviética nos anos de 1960. Só que a produção traz um questionamento: “E se a Corrida Espacial nunca tivesse terminado?”.

Nessa versão, a Rússia consegue chegar primeiro à Lua, ou seja, Alexei Leonov é chamado de primeiro homem a pisar lá, sendo chamado de Lua Vermelha. Isso mudará todo o destino da NASA.

Chamada de “maçante” e “não há combustível no foguete”, a série foi desaprovada pelos jornalistas especializados. Joel Kinnaman é o protagonista e a produção terá 11 episódios.

Snoopy no Espaço

É uma produção dedicada ao público infantil. O desenho animado irá mostrar o personagem principal realizando seu sonho de ser um astronauta, já que é recrutado pela NASA para uma missão.

Já Charlie Brown contará com a ajuda dos seus amigos para auxiliar Snoopy na sua nova aventura. Quatro episódios já estão disponíveis no aplicativo da Apple.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!