Reportar erro
Novidade

Demitida da Globo após vencer o Emmy, Cláudia Lage escreve série jurídica para a TV paga

Autora escreveu apenas uma novela para a Globo

Cláudia Lage sentada em uma biblioteca, rodeada de livros.
Cláudia Lage escreveu "Lado a Lado". Foto: Divulgação
Naian Lucas

Publicado em 29/04/2019 às 09:10:16

Cláudia Lage está desenvolvendo uma série jurídica para a TV fechada. A autora, que foi dispensada da Globo logo depois de vencer um Emmy Internacional, tenta emplacar seu primeiro trabalho no universo das séries.

A informação foi antecipada pela jornalista Patrícia Kogut e também apurada pelo NaTelinha, que ouviu de fontes que Lage chegou a desenvolver outros projetos sem sucesso antes de investir no mundo das séries.

A série que recebeu o nome provisório de “Atenuantes” vai mostrar o trabalho de uma advogada que defende casos inusitados de crimes cometidos por pessoas que vivem em situações extremadas.

A trama lembra muito alguns formatos de produções americanas que fazem muito sucesso ao explorar o universo jurídico. “The Good Wife” mostrava exatamente a vida de uma advogada de sucesso.

A série já recebeu sinal verde e deve ser produzida em parceria entre a NBC e a produtora Conspiração e a primeira temporada deverá ser exibida na TV a cabo pela Universal, no fim deste ano.

Cláudia Lage venceu o Emmy Internacional ao lado de João Ximenes Braga no ano de 2013. A dupla surpreendeu o mundo ao desbancar “Avenida Brasil” e conquistar o prêmio na categoria novela pelo trabalho em “Lado a Lado”.

A trama contou com muito prestígio da crítica, embora tenha tido pouca audiência, acabou sendo muito elogiada. Essa foi a única novela escrita por Lage que acabou não conseguindo emplacar nenhum outro projeto na Globo e, ao final de seu contrato, a emissora optou pela não renovação.

O parceiro dela também está fora da Globo já há algum tempo. Porém, João Ximenes escreveu ainda “Babilônia”, em parceria com Ricardo Linhares e Gilberto Braga. A novela acabou tendo uma série de problemas e foi considerada um fracasso.

Mais Notícias