Quem diria...

Pantanal: Primeira vez de Juma e Jove é ofuscada por homofobia

Apesar de cena de sexo, o momento mais falado de Pantanal foi a repressão de Mariana contra a homofobia de Tadeu e amigos


Silvero Pereira em cena de Pantanal
Zaqueu (Silvero Pereira) em cena de Pantanal; mordomo foi vítima de homofobia na novela das nove - Foto: Reprodução/Globo
Por Daniele Amorim

Publicado em 04/07/2022 às 23:15:00,
atualizado em 04/07/2022 às 23:34:31

Apesar da transa de Juma (Alanis Gullen) e Jove (Jesuita Barbosa) ter acontecido no capítulo desta segunda-feira (4) em Pantanal, a cena mais chamativa do folhetim não foi a primeira vez dos pombinhos. José Leôncio (Marcos Palmeira) roubou os holofotes ao dar uma chamada necessária em Tadeu (José Loreto). O peão ofendeu Zaqueu (Silvero Pereira) por sua orientação sexual e levou uma bronca homérica do pai na novela das nove da Globo. 

A sequência aconteceu após o mordomo ter ido embora da fazenda do protagonista. Chateado com as gozações dos capangas do pecuarista, Zaqueu decidiu sair de lá e deixou uma carta para Mariana (Selma Egrei).

Irritada com a decisão do amigo, a veterana decidiu peitar o ex-genro ali mesmo e o fez enxergar o quanto a homofobia pode ser prejudicial ao ponto de ter feito o personagem vivido por Silvero Pereira sair dali com as malas prontas. "Isso não é frescura. É crime {a homofobia}", falou a madame. 

Comovido com a fala, Zé Leôncio logo foi tirar satisfações com o Tadeu e o restante dos peões. O fazendeiro avisou que o modo que o herdeiro o tratou foi desrespeitoso. "Isso que vocês fizeram não é piada, não. É homofobia e é crime", avisou o protagonista.

Pantanal: Transa de Juma e Jove é ofuscada por homofobia

Como o público reagiu a cena de Pantanal?

O sermão do pecurista chamou a atenção do público ao ponto dos usuários do Twitter comentaram mais sobre a conversa didática do que sobre a primeira vez de Juma e Jove. "De uma cena pra outra Zé Leoncio aprendeu sobre homofobia e já foi militar. Achei meio repentino, mas beleza, pelo menos foi um bom discurso", disse o usuário Fábio Garcia. 

"Excelente a adaptação da questão da homofobia em cima do Zaquieu e com o Zé Leôncio aprendendo a lição com o esculacho da Mariana e repassando aos peões. Cena necessária. A novela só melhora quando mudanças são feitas. Só falta perceberem isso", completou o perfil identificado como Zamenza. 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias