Reportar erro
Guerra de audiência

Globo inaugura nova faixa de reprises à tarde e prioriza novelas das 21h no Vale a Pena

Emissora recorre à novelas para turbinar audiência nas tardes

Eduardo Moscovis e Adriana Esteves em O Cravo e a Rosa
Eduardo Moscovis e Adriana Esteves protagonizam sucesso do ano 2000 - Foto: Divulgação/TV Globo
Redação NT

Publicado em 24/11/2021 às 12:10:00,
atualizado em 24/11/2021 às 12:25:07

A Globo anunciou nesta quarta-feira (24) a volta da novela O Cravo e a Rosa (2000-01) a partir do dia 6 de dezembro, depois do Jornal Hoje, que será encurtado. O Vale a Pena Ver de Novo continuará no horário atual, mas será destinado, a partir de agora, às produções exibidas na faixa das 21h, como O Clone (2001-02).

O anúncio foi feito em primeira-mão por Fátima Bernardes no Encontro desta manhã. As chamadas também já estão sendo alardeadas nos intervalos da Globo. "Que a novela é uma paixão nacional, ninguém duvida. No ano que em celebramos os 70 anos na telenovela no Brasil, a TV Globo estreia em sua grade de programação um novo horário destinado ao gênero", diz a emissora em comunicado enviado à imprensa.

Com a mudança na grade, o Jornal Hoje perde tempo, mas a emissora não especificou qual será sua duração a partir de dezembro. A Sessão da Tarde, há quase 50 anos no ar, continua, mas agora "ensanduichada" por duas reprises. E logo depois, continua o Vale a Pena Ver de Novo.

De acordo com a Globo, a tradicional sessão de reprises "seguirá trazendo as grandes obras da dramaturgia, agora privilegiando a reexibição de novelas originalmente às nove horas', continua a emissora.

Com novelas, Globo espera voltar ao primeiro lugar

Tendo problemas de audiência pós-Jornal Hoje há quase uma década, a Globo espera resolver de vez as perdas consecutivas para o Balanço Geral SP, que no horário apresenta o quadro Hora da Venenosa, com Fabíola Reipert, Reinaldo Gottino e Renato Lombardi. A ideia de inserir uma novela e barrar o jornalístico, da Record, aliás, já foi tema da coluna Enfoque NT, em agosto de 2019, sob o título "Só uma coisa pode deter o Balanço Geral da Record". No artigo de Thiago Forato, o jornalista afirmou que a emissora ainda não tinha tentado novelas no horário e talvez essa fosse uma esperança para reverter o quadro. 

Além disso, a Globo resolve outra insatisfação, mas desta vez, do Jornal Hoje. O telejornal ganhou mais tempo no ar com o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil em março de 2020, mas agora a equipe vinha tendo que se desdobrar para cobrir o tempo de arte com conteúdo qualificado. 

 



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias