Reportar erro
Reprise

De treta por causa de cabelo a sumiço de personagem: Os bastidores de Pega Pega

Novela substituirá Salve-se Quem Puder na faixa das 19h

Camila Queiroz e Matheus Solano posam juntos em Pega Pega
Pega Pega vai ser reprisada pela Globo - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 21/06/2021 às 06:04:54

Na semana passada, a Globo anunciou a reprise de Pega Pega em substituição aos capítulos finais inéditos de Salve-se Quem Puder, na faixa das 19h, mesmo sem o folhetim de Claudia Souto ter empolgado o público durante a primeira exibição, entre junho de 2017 e janeiro de 2018.  Nos bastidores, a novela rendeu bafafás antes mesmo da sua exibição. Tudo isso porque a trama iria se chamar Pega Ladrão, mas a emissora não achou de bom tom o nome diante do cenário nacional com muita roubalheira de políticos.

A princípio, Andreia Horta estava cotada para interpretar a protagonista Antônia. Entretanto, a atriz preferiu atuar em Tempo de Amar e Vanessa Giácomo assumiu a personagem. Já José Loreto interpretaria Agnaldo, mas acabou sendo substituído por João Baldesserini.  

Confira os bastidores de Pega Pega!

A escolha do nome da novela

A Globo decidiu mudar o título da novela em cima da hora, até então chamada de Pega Ladrão. A emissora adotou tal medida devido ao cenário político nacional, que naquele ano enfrentou prisões e investigações de autoridades.

À época, o jornal Extra chegou a noticiar que a trama seria batizada de "Carioca Palace", mas o nome Pega Pega levou a melhor. O uso de títulos provisórios é comum nas fases de preparação das novelas, mas chama atenção essa troca tão em cima da hora.

De treta por causa de cabelo a sumiço de personagem: Os bastidores de Pega Pega
Andreia Horta era cotada para viver Antônia - Foto: Divulgação

O elenco de Pega Pega

Andreia Horta foi convidada para interpretar Antônia, mas preferiu optar por viver Lucinda em Tempo de Amar (2017), na novela das 18h. A informação foi divulgada, na ocasião, pela colunista Patrícia Kogut do jornal O Globo. Com a negativa da atriz, Vanessa Giácomo assumiu o papel em Pega Pega.

José Loreto estava escalado para o folhetim, mas foi vetado porque o personagem que interpretaria na trama, Agnaldo, era parecido com outro papel interpretado por ele, Adônis de Haja Coração (2016). João Baldasserini foi, então, escolhido para dar vida ao ladrão em Pega Pega.

 Natural de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, Camila Queiroz se mudou para o Rio de Janeiro para dar vida à mocinha Luiza no folhetim. Ela também fez aulas de fonoaudiologia para minimizar o sotaque interiorano.

De treta por causa de cabelo a sumiço de personagem: Os bastidores de Pega Pega
Canguru Flor rendeu polêmica e não foi bem aceita - Foto: Globo

A polêmica com canguru Flor

A canguru Flor, um fantoche criado por Bebeth (Valentina Herszage) no início da trama, foi alvo de questionamentos tanto do público quanto dos críticos. A ideia de Claudia Souto era mostrar que a personagem passava por um transtorno psiquiátrico, mas não foi bem aceita.

Ela desapareceu na trama e só voltou no desfecho da novela. Bebeth e a canguru se reencontraram na reta final, quando Borges (Danton Mello) a ensina manipular o fantoche.

De treta por causa de cabelo a sumiço de personagem: Os bastidores de Pega Pega
Cabelo de Camila Queiroz rendeu bafafá nos bastidores  - Foto: Globo

Camila Queiroz e diretor tretam por causa de cabelo

Camila Queiroz levou uma bronca do diretor Luiz Henrique Rios, no set de gravação, porque a atriz apareceu com um novo corte de cabelo. Segundo o colunista Leo Dias, à época no jornal O Dia, a artista optou por um look aleatório e não pediu autorização de ninguém do canal.

Meses antes, a famosa já havia passado por uma renovação do visual, executada por Neandro Ferreira a pedido de Luiz Henrique – que escolheu o corte que deixaria a moça com a cara de Luiza sua personagem na novela. De acordo com o colunista, o espanto do diretor com a atriz foi tanto que o profissional chegou a ter um mal-estar.



Mais Notícias