Frente a frente

Flor do Caribe: Amaralina encontra avô e não o reconhece

Cassiano desconfia de que Duque seja quem a mocinha procura

Flor do Caribe: Amaralina encontra avô e não o reconhece
Amaralina ainda não sabe que Duque é seu avô em Flor do Caribe - Reprodução/TV Globo

Publicado em 11/09/2020 às 07:39:00

Por: Taty Bruzzi

Nos próximos capítulos da novela Flor do Caribe, Amaralina (Stephany Brito) finalmente encontrará seu avô. No entanto, ela não o reconhecerá. A procura do único parente vivo, tudo o que a trambiqueira tem de recordação é uma foto antiga. A mocinha será uma das aliadas de Cassiano (Henri Castelli) e ajudará o piloto a voltar para o Brasil. Os dois se conhecem por um acaso e ela servirá de guia até a Guatemala.

O encontro acontece por um acaso, quando a desconhecida estiver aplicando mais um dos seus golpes na rua. Além do noivo de Ester (Grazi Massafera), Duque (Jean Pierre Noher) também vai se aproximar da menina.

O estelionatário vê a jovem enganar um turista alemão com o jogo dos feijões e se oferece para ser o próximo a jogar. Antes que ela o engane, ele passa a perna em Amaralina e os dois se apresentam logo em seguida.

A sequência mostrará o trio cheio de intimidade, como se fossem amigos íntimos. A moça também vai levá-los ao encontro com Cristal (Moro Anghileri) e a filha de Dom Rafael (César Troncoso) embarcará os três em navio para o Brasil.

Durante a viagem, a falseta conta que está atrás do seu avô e mostra uma foto para os amigos. Duque afirma nunca ter visto aquele homem antes. Já Cassiano acha a fisionomia conhecida e chega a comparar o desconhecido ao estelionatário. Confira!

Em Flor do Caribe, Cassiano e Duque conhecem Amaralina

Cassiano e Duque vão passar por alguns perrengues após a fuga da prisão de segurança máxima. Os amigos tentam levantar voo, mas os capangas de Dom Rafael acertam um tiro no tanque de combustível da aeronave. O piloto se vê obrigado a fazer um pouso de emergência e o jeito será atravessar o pântano a pé. Os amigos conseguem sair da mata com vida e planejam qual será o próximo passo.

“E agora, piloto? Pra que lado tá a civilização?”, pergunta o estelionatário. “Aprenda uma coisa, Alteza: toda estrada tem sempre uma cidade numa ponta e uma cidade na outra ponta. Então tanto faz a gente caminhar pra lá ou pra cá”, faz piada o bonitão.

De repente, os dois avistam um ônibus e vão na direção do coletivo. Os fugitivos sobem pela escada do bagageiro e, sem serem notados, roubam algumas peças de roupas típicas da região.

“Aproveita, Alteza! O nome disso é liberdade...!”, comemora o noivo de Ester. “Melhor não contar com o ovo no fiofó da galinha, piloto. Dom Rafael não vai deixar barato. A essa hora já deve ter botado os gorilas dele mais a policia pra caçar a gente”, argumenta o falsário.

Cassiano e Duque aproveita a parada do veículo para descerem e os dois se misturam aos turistas. Até que uma cena chama a atenção dos amigos. Amaralina aparece fazendo uma espécie de apresentação.

Na frente de um caixote. a mocinha fala: "Nada nesta mão, nada na outra, quem se habilita a descobrir pra onde foi o feijão? Façam suas apostas. O alemão aí com cara de otário", sinaliza a jovem falando português para que o turista não a entenda. "Onde está o feijão? Aqui... aqui... ou aqui?”, pergunta a trambiqueira.

O homem pensa um pouco antes de apontar para uma direção. A mocinha levanta a caixinha e mostra que está vazia. Na sequência, ela descobre a certa e vence o jogo.

“O próximo!", continua a falar em português. Vamos lá, que barata esperta não atravessa galinheiro... Quem se habilita?”, sinaliza Amaralina. Desta vez, Duque é quem escolhe a caixinha e leva a melhor. “Não vale! Trapaceou!”, acusa a trambiqueira.

O amigo de Cassiano se apressa e pega o prêmio, saindo logo em seguida. Curiosa, Amaralina vai atrás do desconhecido. “Ladrão! Pega ladrão!”, grita a mocinha. A cena vai ao ar em breve na novela das seis.

Cassiano quase entrega a identidade do amigo

Em Flor do Caribe, Duque passa a perna em Amaralina e por pouco não vai preso. O estelionatário vê a mocinha enganando turistas com o joguinho dos feijões e se habilita a jogar também. Como previsto, ele vence a brincadeira e sai correndo enquanto ela chama pela polícia. Cassiano encontra uma escada, sobe por ela e sinaliza para que o amigo faça o mesmo. “Primeira grana em sete anos, Brasileiro!”, vibra o amigo do piloto.

A alegria dura pouco, já que uma mão aparece do nada e resgata o dinheiro. “Arrááá!!! Brasileiro! Só podia ser!”, reage a mocinha. O trio se encara, a trambiqueira ri e começa ali uma nova amizade.

A sequência mostará Cassiano contando sua história para a jovem, desde a prisão até a fuga. “Caraca! Esse lance de vocês é pra ganhar muita grana! Só escrever um livro igual aquele cara, o tal de Papillon. Ele também ficou preso uma cacetada de tempo e quando fugiu...”, fala a menina.

Os amigos explicam que precisam dair dali o mais breve possível e Amaralina promete ajudá-so. “Dar o fora pra onde? Europa? Japão? Ilhas Malvinas? Só escolher que dou um jeito de botar os dois num navio”, promete.

“Brasil, meu bem. Voltar pra casa. É isso”, responde o piloto de caça. “Que tal Bahia? Se mandar pra praia que inspirou meu nome...”, aconselha a trambiqueira. “E eu lá sei o seu nome, fedelha?”, reage Duque.

Nesta hora, ela estende a mão e se apresenta. “Amaralina! Muito prazer. E o seu?”, quer saber a mocinha. “Duque. O nome é Duque, mas pode chamar de Sua Alteza”, responde por ele, Cassiano. “Duque... encantado”, complementa o estelionatário.

Sem imaginar que trata-se do seu avô, a mocinha questiona o nome de batismo do fugitivo e ele desconversa. “Duque... Duque deve ser teu nome de cadeieiro. O de verdade, antes de pegar cana, o de registro qual é?”, questiona. “Sei lá... acho que nem fui registrado. Ou esqueci”, alega.

Os três vão se abrigar em uma casa noturna e durante conversa, Amaralina conta que está em busca do seu avô. Ela mostra uma foto, a única recordação, e o amigo de Cassiano afirma que nunca o viu. Já Cassiano diz o contrário. “Engraçado, a cara não me é estranha... Duque... vira pra cá!”, pede o Oficial da Aeronáutica. A sequência vai ao ar nos próximos capítulos de Flor do Caribe.


Fique por dentro dos próximos capítulos de Flor do Caribe e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Flor do Caribe de 07/09/2020 a 12/09/2020.   

 


Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

    COMENTÁRIOS

    Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!