Reportar erro
Em alta

Viva a Diferença bate recorde e empata com versão original como melhor Ibope na década

Trama está em alta e empatada com a versão original

Cena de Malhação Viva a Diferença
Malhação Viva a Diferença segue com altos índices no Ibope - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 29/04/2020 às 18:40:59

A reprise de Malhação: Viva a Diferença vem alcançando altos índices no Ibope desde que retornou ao ar e bateu recorde em sua exibição na última terça-feira (28). A trama de Cao Hamburger acumula, até o momento, a melhor média da década na faixa, empatada apenas para a exibição original da novela teen, em 2017.

Segundo dados da Kantar Ibope para a Grande São Paulo, a produção protagonizada por Gabriela Medvedovski, Ana Hikari, Daphne Bozaski, Heslaine Vieira e Manuela Aliperte marcou 22 pontos e teve 33% de participação, este foi o melhor desempenho do folhetim desde a estreia da reprise.

No acumulado, Viva a Diferença acumula média de 20,1 pontos e ostenta o melhor desempenho da década, empatado com a versão original da trama que, após 16 capítulos acumulava a mesma média. Ao final, a novela terminou com 20,4 pontos e teve o maior Ibope dos últimos dez anos.

Coincidência ou não, Viva a Diferença está no ar pela segunda vez consecutiva recebendo da melhor audiência do Vale a Pena Ver de Novo. Em 2017, a novela de Cao Hamburger começava logo depois que Senhora do Destino saia do ar. A trama de Aguinaldo Silva ostentou o título de melhor Ibope da década na faixa até ser superada por Avenida Brasil, que termina na próxima sexta-feira (1º) e já superou até temporadas de Malhação e novelas das 18h.

Viva a Diferença: o teste de fogo

A partir da próxima semana, Viva a Diferença terá uma espécie de teste de fogo para verificar a fidelidade de seu público, já que não receberá mais o público de Avenida Brasil. No entanto, a produção pode ser beneficiada também pelo desempenho de Êta Mundo Bom, que iniciou sua trajetória com números semelhantes a novela com Carminha (Adriana Esteves) e Nina (Débora Falabella).

Até o momento, a Globo não está fazendo cortes nos capítulos de Viva a Diferença e exibiu os dezesseis primeiros capítulos na íntegra, na comparação com a versão original.

Mais Notícias