Reportar erro
Vai ter DR

Éramos Seis: Lili flagra Julinho e se vinga nos braços de Marcelo com beijos

Saiba quem irá mexer os pauzinhos para Almeida se acertar com a amada

Triz Paris
Lili descobre traição de Julinho em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 10/02/2020 às 07:19:00

Em Éramos Seis, Almeida (Ricardo Pereira) vai se arrepender de ter trocado Clotilde (Simone Spoladore) por Natália (Marcela Jacobina) e tenta reconquistar a solteirona.

Tudo acontece depois que a tradutora voltar de uma temporada no Rio de Janeiro, confessar que deu o troco no marido ficando com Elias (Brenno Leone) e larga o vendedor de tecidos.

Após a separação, o funcionário de Assad (Werner Shünemann) vai à casa de Lola (Gloria Pires) entregar um documento para Alfredo (Nicolas Prattes) e será aconselhado pela dona de casa a reconquistar sua irmã.

Enquanto isso, Julinho (André Luiz Frambach) será desmascarado por Lili (Triz Paris) e a moça não irá deixar barato a traição do rapaz que ficou noivo da professora antes de se mudar para o Rio de Janeiro.

Porém, na capital carioca o interesseiro se deixou envolver por Soraia (Rayssa Bratillieri) e acabou tirando a virgindade da moça. Depois da transa, a filha do dono da loja de tecidos passou a exigir que o irmão de Isabel (Giullia Buscacio) assuma o namoro.

Cansada de desculpas, a irmã de Lúcio (Jhona Burjack) viaja atrás do noivo a fim de descobrir o que está acontecendo. Ao flagrar a patricinha aos beijos com o gerente, a filha de Genu (Kelzy Ecard) irá pagar na mesma moeda. Confira!

Lola diz para Almeida procurar Clotilde

Éramos Seis: Lili flagra Julinho e se vinga nos braços de Marcelo com beijos

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Almeida dá um basta em seu casamento com Natália depois de descobrir que a tradutora o traiu com o sócio de Assad enquanto passava temporada no Rio de Janeiro.

Com o fim da Revolução de 1932, a esposa do vendedor volta para São Paulo na companhia de Elias e o comerciante reage mal afirmando não ser de bom tom uma dama casada viajar na companhia de outro homem.

O casal tem uma calorosa discussão e Natália joga na cara do mercador que nunca suportou os filhos dele do primeiro casamento, apenas fingiu ser uma boa madrasta para segurar o mercador em casa.

Entretanto, o tempo em que passou no Rio de Janeiro a fez perceber que ela merece alguém que lhe ame de verdade, assim como Elias, que foi quem traiu Almeida durante a temporada fora de casa.

A revelação provoca a separação definitiva do casal. Passado alguns dias, o vendedor de tecidos vai até a casa de Lola entregar uma carta de recomendação para Alfredo que pediu demissão para lutar na guerra.

Recebido pela mãe do rapaz, a doceira convida o ex-colega de Júlio (Antonio Calloni) para entrar, mas ele se recusa e a conversa acontece rapidamente ali mesmo na porta de entrada.

"É muito atencioso da sua parte, não quer entrar para tomar um café?", dirá Lola. "Eu adoraria, mas não posso. Deixei meus filhos com uma vizinha. Tenho que buscá-los", responde Almeida.

Indagado sobre o que teria acontecido com Natália, o comerciante revela que se separou. "Foi o certo a fazer. A senhora sabe que eu tinha muita consideração por Natália, por ela ter aceitado criar meus filhos", sinaliza o comerciante.

"Formamos uma família, anos depois que a Clotilde se recusou a ficar comigo. Aconteceu este encontro, mas foi um erro, porque amor não era por ela que sentia", confessa o bonitão.

Sensibilizada, Lola abre seu coração e pede desculpas por ter impedido que ele se explicasse para a solteirona. "Só lembra que magoei Clotilde, e com razão. Fiz uma opção pela minha família, mas não foi uma opção feliz. Quando não há amor, nada funciona", confessa Almeida.

"Eu realmente já manifestei várias vezes o meu pensamento sobre o senhor em relação a Clotilde, mas talvez estivesse errada também. Devia ter incentivado a coragem", lamenta a dona de casa.

"O tempo passou, casou-se de novo, mas a verdade é que... Não sei nem se tenho o direito de contar isso, mas a minha irmã nunca se esqueceu do senhor", entrega Lola.

"Também nunca me esqueci dela, dona Lola. Mas sei que a decepcionei demais. Tanto que ela nunca vai me perdoar. Meu consolo é que nem eu me perdoo", pontua o ex-marido de Natália.

Para surpresa de Almeida, a mãe de Alfredo incentiva o ex-colega de trabalho do seu marido a ir atrás da solteirona para que os dois possam finalmente se acertarem.

"Clotilde não é fácil também. Mas se acredita que ainda possa fazê-la feliz... talvez a história de vocês não tenha terminado. Acredito que deve ter coragem de tentar", aconselha a viúva.

Na sequência, Olga (Maria Eduarda de Carvalho) se prepara para mais um daqueles piqueniques em família. Porém, Clotilde será a única que se recusa a acompanhá-los, ficando sozinha em casa.

De repente, a mãe biológica de Chiquinho escuta alguém batendo na porta e quando vai atender dá de cara com Almeida e os filhos, Rita (Noham Radam) e Ernesto (João Vitor Manhães). "Argemiro? O que está fazendo aqui?", pergunta a solteirona.

"Clotilde, conhece minha história como ninguém. Tive dois casamentos desfeitos, só um válido perante a lei. Tenho dois filhos, Rita e Ernesto. O que ainda não sabe é que me separei da Natália", adianta o vendedor.

"Este sou eu. Imperfeito, cheio de marcas da vida. Mas você é a melhor parte da minha história. Por isso, quero muito que me perdoe. E, de uma vez por todas, você faça parte do que eu sou", se declara deixando a amada sem reação.

A cena vai ao ar no dia 29 de fevereiro.

Lili se vinga de Julinho com outro 

Éramos Seis: Lili flagra Julinho e se vinga nos braços de Marcelo com beijos

Em Éramos Seis, Julinho não pensou duas vezes antes de trair Lili com Soraia. O rapaz até tentou fugir das investidas da filha do seu patrão, mas acabou dormindo com ela e está sendo coagido a terminar o relacionamento com a noiva por carta.

Apesar das aventuras amorosas com a patricinha, o filho de Lola nunca pensou em firmar compromisso. Percebendo isso, a falsiane foi mais esperta e, aconselhada por Karine (Mayana Neiva), perdeu a virgindade com o garoto.

Agora, ele não terá mais escapatória. Afinal, quando Assad descobrir que a filha não e mais donzela irá obrigá-lo a reparar o dano. Antes que isso aconteça, o irmão de Isabel vai ter que dispensar Lili.

Julinho chega a escrever uma carta terminando o relacionamento com a filha de Virgulino (Kiko Mascarenhas), mas por causa da Revolução de 1932 a correspondência acaba sendo extraviada.

Agoniada com a falta de notícias do amado, a professora toma coragem e foge de casa para ir atrás do noivo no Rio de Janeiro. Por sorte, Marcelo (Guilherme Ferraz) acompanha a mocinha.

Lili vai até a moradia de Assad que é onde o filho de Lola está hospedado desde que deixou São Paulo e bate na porta do turco atrás do rapaz. Para sua decepção, a moça chega a tempo de flagrar Julinho e Soraia aos beijos.

"Eu vim ver com meus próprios olhos o que está acontecendo, porque ela não me deixou falar nenhuma vez com você no telefone e também falou para eu esperar uma uma carta sua. Que carta é essa?", questiona a moça.

"Deixa que eu falo, Julinho, faço questão. A carta que ele escreveu foi para terminar tudo. Pena não ter esperado para receber, Lili, fez uma viagem à toa. O Julinho agora é meu", sinaliza a riquinha.

Éramos Seis: Lili flagra Julinho e se vinga nos braços de Marcelo com beijos

A moça reage mal a dispensa e sai de lá aos prantos. Enquanto isso, o sobrinho de Felício (Paulo Rocha) se enche de esperanças acreditando que finalmente terá uma chance com a garota por quem sempre foi apaixonado.

Na sequência, o estudante de medicina consegue um emprego para ela como professora no orfanato onde foi criado e ainda cria coragem para se insinuar, mas leva mas fora Lili.

"Eu gostaria de ter mais oportunidades de ajudar você a esquecer os problemas", dindaga Marcelo. "Você já está ajudando muito, Marcelo. Tem sido um ótimo... Amigo", dispara a moça.

Passados alguns dias, Julinho vai a São Paulo visitar sua mãe na companhia de Soraia. Quando a filha de Genu vê o casal na rua ela se joga nos braços de Marcelo e o beija a fim de fazer ciúmes no filho de Lola.

O plano dá certo e o irmão de Carlos (Danilo Mesquita) não consegue disfarçar o incômodo com a cena. "Por acaso, se sentiu atingido pela sua vizinha beijar outro rapaz?", indaga Karine.

"Não, mas esse Marcelo sempre rondou a Lili e ela dizia que não era nada. Me incomoda sentir, como diria, que fui enganado", se justifica o gerente da loja de tecidos.

A cena vai ao ar no capítulo do dia 28 de fevereiro.

Mais Notícias