Reportar erro
Justiça

Amor de Mãe: Amanda tenta matar Álvaro: "Não tenho nada a perder"

Ambientalista promete vingar a morte de Vinícius e acaba presa

Camila Márdilla e Irandhir Santos em Amor de Mãe
Amanda tentará fazer justiça com as próprias mãos - Globo/Reprodução
Redação NT

Publicado em 01/02/2020 às 17:00:00

Disposta a vingar a morte de Vinícius (Antonio Benicio), Amanda (Camila Márdila) vai apontar uma arma para Álvaro (Irandhir Santos) em Amor de Mãe, na Globo. Ela aborda o inescrupuloso empresário em um restaurante, disposta a matá-lo. "Não tenho nada a perder", justifica a moça.

O ódio de Camila por Álvaro vem desde a morte do pai da jovem. O homem trabalhava para a PWA limpando tubulações da Baía de Guanaraba e começou a apresentar problemas de saúde. As condições insalubres o levaram a desenvolver sérios problemas, que se revelaram fatais.

Recentemente, um plano de sabotagem na PWA, liderado por Amanda, tirou a vida de Vinícius. O filho de Raul (Murilo Benício) acabou morto por Belizário (Tuca Andrada) após uma invasão à empresa. O rapaz era companheiro de ativismo e namorado de Amanda.

Revoltada com as duas mortes, a moça estará disposta a fazer justiça com as próprias mãos. Ela interrompe o jantar entre Álvaro e Verena (Maria) disposta a tirar a vida do responsável pela tragédia de sua vida. Ela aproveita a ida da esposa do mau caráter ao banheiro para sentar ao lado dele, colocando uma arma em sua barriga.

"Você vai fazer o quê? Se atirar em mim, aqui, você vai ser presa na hora", diz Álvaro, tentando convencê-la a não apertar o gatilho. "Você matou o meu pai e agora matou meu namorado... Essa é a minha grande vantagem: eu não tenho mais nada a perder. E você tem tudo, a começar pela sua vida", rebate Amanda. 

Álvaro acabará se safando mais uma vez e, no capítulo seguinte, é Amanda quem se dá mal. A ativista será presa e precisará contar com a ajuda do ex, Davi (Vladimir Brichta), para sair de trás das grades.

A sequência da ameaça de Amanda a Álvaro vai ao ar a partir deste sábado (1º).

TAGS:
Mais Notícias