Tonho da Bolos da Paz

Ator de A Dona do Pedaço já recebeu proposta de marido para entregar “bolo de limão” à esposa

Personagem de Betto Marque acabou se tornando braço direito da Maria da Paz em A Dona do Pedaço

Ator de A Dona do Pedaço já recebeu proposta de marido para entregar “bolo de limão” à esposa
Betto Marque é o entregador de bolos Tonho em A Dona do Pedaço - Divulgação/TV Globo

Publicado em 13/11/2019 às 06:59:00

Por: Taty Bruzzi

Quando recebeu o convite para atuar em A Dona do Pedaço, Betto Marque jamais poderia imaginar que o seu personagem se tornaria um dos homens de confiança da protagonista, Maria da Paz (Juliana Paes). 

“Eu estava filmando o longa ‘Estação Rock’ quando o Gui Gobbi me ligou. Falou do Tonho, que era um personagem pequeno, mas que estaria em um cenário muito importante na trama”, conta em entrevista exclusiva ao NaTelinha. 

“Aquilo me interessou, porque eu ouvia muito que o Walcyr [Carrasco] era um autor que sabia aproveitar quando um ator apresentava um bom trabalho”, revela o artista que passou por testes até conseguir o papel. 

Betto fazia parte do elenco de apoio e confessa não acreditar no quanto o seu personagem cresceu na trama. “Sinceramente, esperar eu não esperava, mas óbvio que eu queria, desde início, que ele crescesse de alguma forma”, comemora. 

“Todo dia, antes de gravar, eu meditava e me comprometia a ser a melhor versão de mim mesmo. A noite, eu entregava para Deus todas as ações do meu dia e pedia que ele fizesse o Tonho se conectar com o público”, explica. 

“Para mim, se ele ganhasse algum destaque, já seria muito importante para minha carreira. E parece que fui ouvido! O Tonho é a manifestação de um milagre”, abre o coração, emocionado. 

Além de atendente na confeitaria da Maria da Paz, no início da trama era Tonho quem entregava os bolos na casa da Lyris (Deborah Evelyn). Foi ao lado da atriz que ele protagonizou cenas hilárias e quentes também. 

Para manter a boa forma que o público de casa conferiu durante essa passagem do folhetim, Betto conta que largou a academia e passou a treinar ao ar livre. “Meu corpo ganha músculo rapidamente e eu não acho que combinava com o Tonho”, avalia. 

“Então, desde que comecei ‘A dona do Pedaço’, parei de frequentar a academia e caprichei nas corridas e nos treinos funcionais, que podem ser feitos em qualquer lugar. A minha busca era por um corpo que imprimisse a história de um rapaz trabalhador de São Paulo. Um cara que come pizza, não tem grana nem tempo para fazer dietas ou academia”, ressalta.

O ator garante que a parceira com a Deborah [Evelyn] o ajudou a se desinibir nas sequências de sexo. “Nós nos divertimos demais! A Deborah é muito generosa e excelente atriz, ne? Então, isso permitiu que eu me soltasse em cena. Foi incrível!”, recorda. 

Sobre a repercussão nas ruas, Betto confessa ter recebido muitas cantadas. “Olha, além da tradicional ‘Me entrega um bolo de limão?’, eu também já recebi proposta de um marido para que eu entregasse bolo de limão à sua esposa”, entrega. 

Uma das características do Tonho é ser sensitivo. Então, durante a preparação para o papel, o ator buscou inspiração em livros e filmes espíritas. “Eu sabia pouco sobre esse tema. Li alguns livros sobre Kardec e alguns do Chico Xavier. Vi muitos filmes ligados ao tema”, lista.

“Então, decidi que o dom do Tonho, para ele, é normal. Os outros é que reagem. Por isso, escolhi um tom mais intimista para os alertas que ele oferecia à protagonista da trama”, fala. “Eu aprendi que todos nós somos médiuns e que a mediunidade deve ser desenvolvida a fim de prestar serviço ao próximo”, avalia. 

Betto diz não ter religião definida. Quando criança era cristão protestante. “Deixei o protestantismo porque aos 10 anos o pastor da igreja disse que eu não poderia mais comer doce de Cosme Damião que minhas tias entregavam, pois eram oferenda ao diabo”, relata.

“Então, eu fiquei do lado das minhas tias, da família e da possibilidade de continuar comendo meus doces em paz [risos]. Fiz a primeira comunhão, mas o catolicismo não respondia às minhas questões existenciais. Hoje, tento trazer uma postura espiritualizada ao meu ofício e participo de grupos de estudos espirituais. Não levanto bandeira de nenhuma religião”, informa. 

Ator avalia o sucesso da trama e comemora a parceria com Juliana Paes

Depois que Maria da Paz foi roubada por Josiane (Agatha Moreia), a boleira voltou a vender bolo na rua para sobreviver. Assim que ela conseguiu abrir uma nova confeitaria, Tonho estava lá para ajudá-la a se reerguer. 

A Dona do Pedaço é o primeiro trabalho do Betto Marques ao lado de Juliana paes, a quem é só elogios. “Não conhecia a Juliana. Ela é uma das pessoas mais incríveis que já convivi. Generosa, alto astral, essa vontade de semear a alegria. Ela me ensina muito a ser humilde, profissional”, vibra.

Já sobre o segredo para a novela estar fazendo tanto sucesso, o ator é enfático ao apontar a equipe. “O entrosamento de todas as equipes envolvidas. Além do mais, o clima entre todo o elenco é de muita generosidade e companheirismo. Somos uma família tentando inspirar o Brasil através de uma mensagem de positividade e superação!”, dá o recado. 

Para concluir, Betto diz qual seria o final perfeito para o Tonho. “Encontrar um grande amor, com certeza. O Tonho é um cara que materialmente não precisa de muito, apenas coisas simples e verdadeiras. O amor cairia muito bem para ele!”, conclui. 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!