Globo cortou beijo gay

Fã reclama de censura de "Órfãos da Terra" e autora responde na web

Thelma Guedes não deixou a culpa cair em suas costas

Fã reclama de censura de
Thelma Guedes respondeu a um seguidor sobre a censura contra o beijo gay em "Órfãos da Terra". Foto: Divulgação

Publicado em 06/09/2019 às 19:45:19 ,
atualizado em 06/09/2019 às 19:56:03

Por: Daniel César

A autora de "Órfãos da Terra", Thelma Guedes, apareceu nas redes sociais nesta sexta-feira (06) e respondeu a um fã da novela sobre a suposta censura que a Globo teria praticado na novela das seis ao vetar o beijo gay entre Camila (Anaju Dorigon) e Valéria (Bia Arantes).

Um telespectador da novela ficou revoltado com o corte da cena que já havia, inclusive sido confirmada pela Globo, como destacou o jornalista Maurício Stycer.  "Hoje, quando livros lgbtq+ estão sendo CENSURADOS, um beijo entre duas mulheres durante um pedido de casamento seria ESSÊNCIAL e ESPECIAL para a luta da comunidade. Vetar esse beijo é mais doloroso do que aparenta. Esperava mais de você, @thelma_guedes. QUEREMOS BEIJO VAMILA", escreveu uma conta no twitter mencionando a autora.

Thelma, que divide a autoria de "Órfãos da Terra" com Duca Rachid não se fez de rogada e perguntou para a pessoa. "De mim?" A autora demonstrou estranhar a crítica e a cobrança por parte do internauta que voltou a questionar. "Você não pode intervir na escolha de cortarem? Pensei que os autores tinham esse poder".

Foi neste momento que a autora deu uma resposta surpreendente, embora monossilábica. "Não", limitou-se a dizer Thelma sem explicar as razões que teriam levado à decisão de cortar o beijo gay. Segundo a Globo informou à imprensa, o corte teria sido por razões artísticas. 

O NaTelinha conversou em off com três autores que consideraram a resposta da Globo evasiva e até mesmo estranha, uma vez que a decisão artística no contexto de uma novela costuma passar pelo crivo dos autores. Um deles chegou a dizer que toda decisão sobre corte de cena é administrativa se não for do autor. Outro concordou e salientou que decisão artística é do novelista.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que a Globo corta uma cena de beijo gay que já estava gravada. Em 2005, a emissora carioca não exibiu o que seria o primeiro beijo gay da história do canal e que já havia sido gravada. À época, Gloria Perez limitou-se a dizer que fez sua parte ao escrever a cena.

Chama a atenção, no entanto, por conta do momento. Quase quinze anos se passaram desde então e a própria Globo já exibiu outras sequências de beijos de duas pessoas do mesmo sexo. Seja numa novela das nove com "Amor À Vida" (2013) ou até em novelas das sete, como recentemente aconteceu em "Bom Sucesso". Até em "Malhação" houve a cena na temporada 2017 com "Viva a Diferença".

Logo depois de dar sua resposta ao seguidor nas redes sociais, Thelma Guedes limitou-se a postar uma imagem do beijo gay de dois personagens da Marvel, em referência ao livro que quase foi censurado pelo Governador do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante a Bienal do Livro no Rio de Janeiro.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!