Desafio

"Topíssima" terá missão de barrar crescimento de "Verão 90"

Novela da Globo tem aumentado sua audiência nas últimas semanas

"Topíssima" estreia nesta terça (21) e enfrentará "Verão 90" - Foto: Montagem

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 21/05/2019 às 05:20:39

Topíssima” vai ao ar pela primeira vez nesta terça-feira (20) e fará com que a Record aposte novamente numa trama contemporânea e que não tenha um conteúdo bíblico. Esse fato ocorreu pela última vez com “Vitória” (2014), de Cristianne Fridman, mesma autora da trama que estreia hoje.

A história promete humor e romance, contudo, muita ação, já que o vilão Paulo Roberto (Floriano Peixoto) será a mente por trás de um esquema de tráfico de entorpecentes e tentará incriminar a sobrinha Sophia (Camila Rodrigues), a protagonista de todo o enredo.

Os elementos apresentados são de folhetim, o que costuma conquistar público. Mas, nas últimas semanas, “Verão 90”, novela da Globo, tem crescido na audiência e isso pode atrapalhar os planos da produção e da emissora.

A obra de Izabel de Oliveira e Paula Amaral tem apresentado uma média semanal de 26 pontos nas últimas quatro semanas e a história deve superar a antecessora “O Tempo Não Para” (2018), que fechou com média geral de 24.06. “Verão 90”, com 96 capítulos exibidos, já chegou aos 25 pontos.

A novela das sete da Globo tem começado entre 19h30 e 19h40. “Topíssima” tem previsão de iniciar a partir das 19h45, ou seja, enfrentará diretamente a concorrente. Mas se engana que acredita ser a primeira vez que uma produção dramatúrgica da Record enfrenta um enredo global na mesma faixa.

Em 2004, “Escrava Isaura” iniciava por volta das 19h15, assim como “Começar de Novo”. A obra de Elizabeth Jhin e Antonio Calmon fechou com média de 31 pontos ante 11 do remake de Tiago Santiago.

“Essas Mulheres” e “A Lua Me Disse” sucederam “Escrava Isaura” e “Começar de Novo”, respectivamente. O projeto de Marcílio de Moraes, na Record, consolidou-se com 9 de média. A trama de Miguel Falabella teve um resultado de 33 pontos.

“Prova de Amor” estreou na Record e ficou mesmo horário que “Bang Bang” na Globo. A história de Tiago Santiago teve 17 pontos e é a maior audiência de novelas da emissora do bispo Edir Macedo. Já a criação de Mário Prata ficou com um dos maiores fracassos do canal dos Marinhos.

“Bicho do Mato” entrou logo após “Prova de Amor” e enfrentou o furacão “Cobras e Lagartos”. A novela de João Emanuel Carneiro fez enorme sucesso e fechou com a segunda maior média do horário das sete no século, consolidando-se com 38 pontos. A trama de Bosco Brasil e Cristianne Fridman ficou abaixo de 6.

A Record aposentou a faixa das sete e retornou com o horário em 2016, com “Escrava Mãe”. O projeto teve 11 pontos contra 27 de “Haja Coração”. Já “Belaventura” não chegou aos 6 de média, enquanto “Pega-Pega”, exibida no mesmo período, apresentou um resultado de 29 pontos.

Entre altos e baixos, a Record já enfrentou sucessos e fracassos no horário. A equipe de “Topíssima” entrará no ar sabendo da responsabilidade de bater de frente com “Verão 90”.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!