Exclusivo

Polêmicas podem fazer Bruno Gagliasso perder contrato com a Globo

Emissora não teria gostado de atitudes do protagonista de "O Sétimo Guardião"

Bruno Gagliasso
Divulgação/TV Globo

Publicado em 14/03/2019 às 06:00:09 ,
atualizado em 14/03/2019 às 13:44:05

Por: Sandro Nascimento

A confusão envolvendo José Loreto e Marina Ruy Barbosa nos bastidores da novela "O Sétimo Guardião" pode acarretar em problemas contratuais para o ator Bruno Gagliasso com a Globo.

O NaTelinha apurou que a emissora estaria estudando, de forma restrita e sigilosa, punir o marido de Giovanna Ewbank diante de sua últimas atitudes durante as gravações da trama escrita por Aguinaldo Silva, onde vive o protagonista Gabriel.

Na opinião de alguns diretores, Gagliasso não teria se comportado de forma adequada diante da polêmica sobre a separação de Débora Nascimento e José Loreto, que acabou envolvendo Marina Ruy Barbosa. Nos bastidores da emissora, no ápice da confusão, Bruno teria tido um forte desentendimento com os dois colegas de produção.

Além disso, a Globo não estaria de acordo com a forma como foi decidida a cirurgia de desobstrução do trato urinário realizada pelo ator no final de fevereiro. A operação precisou afastar Bruno Gagliasso das gravações de "O Sétimo Guardião" por cinco dias e obrigou Aguinaldo Silva a mudar diversas cenas em cima da hora, para não atrapalhar o andamento da história.

Diante disso, o ator ficou com seu contrato na berlinda no canal carioca. Insatisfeita, a rede carioca pode colocá-lo na geladeira até o fim do seu vínculo, ou reincidí-lo após o término da novela, arcando com todas as multas contratuais previstas.

O martelo será batido nos próximos dias. O contrato de Bruno Gagliasso com a Globo é válido até 2020. O ator está na emissora há 18 anos e é considerado artista do seu primeiro escalão.

Seu primeiro papel em novela na Globo foi em "As Filhas da Mãe", escrita por Silvio de Abreu. Antes disso, fez "Chiquititas" no SBT e uma participação num episódio do extinto "Você Decide" e o seriado "Mulher".

Atualmente, com raras exceções, a Globo trabalha com três tipos de contrato com seu banco de atores: quatro anos de duração (para os medalhões e os mais assediados), dois anos (mediano) e por obra (novos talentos).

Procurada pelo NaTelinha, a emissora afirma que "nenhuma dessas informações procedem" e especificamente sobre detalhes da situação contratual de Bruno Gagliasso, disse que "não falamos de contratos. Essa é uma informação interna".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!