Defesa

Daniel Adjuto defende colega criticada em cobertura do Massacre em Suzano

Trabalho de Márcia Dantas deixou telespectadores descontentes

Daniel Adjuto é jornalista do SBT - Foto: Reprodução

Publicado em 13/03/2019 às 13:56:45 ,
atualizado em 13/03/2019 às 14:59:02

Por: Naian Lucas

Um repórter do SBT defendeu a atuação da colega Márcia Dantas, que vem sendo duramente criticada por conta de sua postura na cobertura do massacre ocorrido na cidade de Suzano, na Grande São Paulo, nesta quarta-feira (13).

Trata-se de Daniel Adjuto, que atua em SBT Brasília e eventualmente cobre folgas na bancada dos telejornais de rede. Ele utilizou seu perfil nas redes sociais para sair em defesa de Márcia Dantas logo após circular o vídeo em que ela tenta  conseguir uma entrevista na porta da escola aonde aconteceu a tragédia.

A repórter foi muito criticada por conta de sua postura. No vídeo, é possível notar que ela estava ofegante e puxando pessoas que choravam. Em dado momento, uma delas grita com a repórter: “eu não quero falar”.

Internautas não perdoaram a atuação da jornalista que trabalha no SBT de São Paulo e teceram uma série de críticas. “Que mulher maluca, sem profissionalismo algum”, disse um. “Que falta de sensibilidade dessa repórter”, comentou o outro.

Apenas uma postagem do vídeo contava com mais de 25 mil visualizações, além de mais de 400 curtidas e 130 retuítes. O assunto viralizou e se tornou um dos assuntos mais comentados sobre o caso.

Defesa

Às 12h27, Daniel Adjunto utilizou seu perfil no Twitter mencionando a postagem no vídeo e saiu em defesa da colega. “Não é vergonha. Estamos sempre suscetíveis ao ‘não’ quando tentamos – ao vivo – levar a informação da melhor maneira possível. É óbvio que o momento exige cautela e respeito, mas também estamos na adrenalina da cobertura e na ansiedade de mostrar aquele momento da melhor maneira possível”.

O jornalista sofreu uma réplica de um internauta que discordou da postura da repórter e também teceu críticas ao SBT: “Cobertura jornalística com música de ação no fundo, claro, sem vergonha alguma”

Em outro momento, Daniel fez questão de lançar uma reflexão que ele considerou importante: “Se algum dos pais e alunos tivesse falado, não seria uma entrevista importante para a cobertura e para o telespectador se atentar ainda mais à gravidade do fato? A tentativa, repito, desde que cuidadosa, pode ser feita. A insistência por resposta, não”.

O SBT não se pronunciou sobre as críticas à postura de Márcia Dantas e nem aos comentários de Daniel Adjunto nas redes sociais.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!