Exclusivo

Texto muito culto de Manuela Dias teria motivado adiamento de novela das 21h

"Troia" foi empurrada para depois de uma nova história de Walcyr Carrasco

Manuela Dias foi elogiada por
Manuela Dias foi elogiada por "Justiça" e ganhou oportunidade na faixa das 21h da Globo

Publicado em 14/09/2018 às 12:05:17 ,
atualizado em 14/09/2018 às 13:59:12

Por: Sandro Nascimento

A reprovação dos primeiros blocos de capítulos da novela "Troia", após avaliação da alta cúpula da Globo, teria sido o real motivo do seu adiamento na fila de produções na faixa das 21h.

O folhetim é escrito por Manuela Dias e marcará sua estreia no principal horário da dramaturgia do canal. No lugar de "Troia", que tinha previsão de estreia para maio de 2019, a Globo escalou mais uma vez o veterano Walcyr Carrasco.

Fontes do NaTelinha explicaram que um dos principais fatores que contribuíram para o adiamento da trama seria a qualidade do texto entregue por Manuela. Na avaliação dos responsáveis, muito culto para a faixa que deve conversar com todos os públicos.

Prevendo que poderia enfrentar dificuldades em sua exibição, a Globo teria realizado alguns ajustes no desenvolvimento da novela e solicitou que a autora reescrevesse os primeiros capítulos da produção que substituiria "O Sétimo Guardião", de Aguinaldo Silva, na faixa de novelas.

Mas diante desses problemas, a emissora avaliou que seria mais prudente conceder mais tempo para Manuela Dias realizar todas as correções necessárias em "Troia".

Como Walcyr Carrasco apresentou uma sinopse resumida de um novo folhetim que já tinha sido aprovada, o setor de teledramaturgia da Globo liderado por Silvio de Abreu decidiu antecipar seu retorno na fila do horário nobre das novelas, preservando Manuela Dias. Vale lembrar que Walcyr estava no ar até maio deste ano, com "O Outro Lado do Paraíso".

Nota oficial

Oficialmente, o adiamento de "Troia" teria ocorrido para dar descanso às atrizes Taís Araujo e Adriana Esteves, que segundo a Globo estariam emendando produções. Porém, de acordo com fontes do site, essa foi uma justificativa encontrada pela emissora para não expor os problemas relacionados a trama de Manuela Dias e reverberar o adiamento da novela de forma elegante.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo enviou a seguinte nota: "Regina Casé, Adriana Esteves e Taís Araújo são as protagonistas da novela da Manuela. Como Taís está fazendo 'Aruanas' e 'PopStar' e Adriana está fazendo 'Segundo Sol', ia ficar muito puxado emendar, pois a novela estreia em maio e os trabalhos da novela começam já em janeiro. Assim, estamos fazendo uma inversão na ordem das obras do horário das nove. Depois de 'Sétimo Guardião', do Aguinaldo, virá uma novela nova do Walcyr Carrasco, cuja pré-sinopse já foi apresentada e aprovada pelo Silvio de Abreu. Será uma história contemporânea sobre a qual Walcyr ainda está fazendo mistério. Regina, Adriana e Taís continuam pré-reservadas para as personagens principais da novela da Manuela, que virá depois da do Walcyr".

Não seria bem assim

Embora na nota oficial a Globo diga que a produção da novela iniciaria em janeiro, a reportagem apurou que as gravações só começariam no início de março. Adriana Esteves termina de gravar "Segundo Sol" em novembro, mesmo mês em que Taís Araújo encerra sua participação na segunda temporada de "PopStar". Além disso, a atriz encerraria as gravações da minissérie "Aruanas" em outubro, pela previsão inicial antes do acidente com barcos que matou uma pessoa.

Essa preocupação com descanso do seu casting não refletiu quando a emissora escalou Marina Ruy Barbosa para ser protagonista de "O Sétimo Guardião". A atriz emendou "Deus Salve o Rei" e a próxima novela que substitui "Segundo Sol" num intervalo de 30 dias.

"Troia" teve sua sinopse aprovada em junho de 2017. A história é a primeira novela escrita por Manuela Dias para o horário das 21h.

A autora recebeu essa missão após o sucesso de audiência e crítica da supersérie "Justiça", que ela escreveu e chegou a ser indicada ao Emmy como melhor série dramática de 2016.

Toda a produção da novela de Manuela, que tem a direção artística José Luiz Villamarim, estava bem adiantada e com quase todo elenco escalado.

A autora foi procurada durante dias para comentar sobre o adiamento, mas não respondeu aos nossos contatos.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!