Streaming ajuda a combater a pirataria, diz pesquisa

Ilustração

Publicado em 12/05/2018 às 09:04:02 ,
atualizado em 12/05/2018 às 17:02:00

Por: Thiago Forato

Em alta na década passada com DVD's sendo vendidos a preços baixíssimos (como três por R$ 10), a pirataria encontrou um forte combatedor: o streaming.

De acordo com pesquisa realizada pela Alexandria Big Data, empresa especializada em estudos do mercado, 82,6% dos entrevistados tem o hábito de assistir filmes e séries na internet, sendo que destes, 92,2% são consumidores da Netflix.

A análise também foi feita com relação a mudança do comportamento dos brasileiros. Quase 65% dos entrevistados preferem ver os filmes no streaming. Apenas 35% tem a preferência de ver no cinema propriamente. Os DVD's piratas foram deixados de lado.

A pesquisa ainda apontou que as razões para assinarem o streaming é poder assistir na hora que quiserem (43,6%), conforto, (42,4%), poder ver onde quiser (32,8%) poder pausar o filme (32,1%) e a possibilidade de trocar de filme (31,2%). Apenas pouco mais de 30% relataram que o streaming é mais barato que o cinema.

No que tange a TV, 65,6% dos entrevistados mantém o hábito da TV por assinatura: 46,8% pela variedade de canais e 20,9% pela grande ofertas filmes.

De todo esse universo, 30,2% afirmaram que não conhecem nenhum serviço por streaming.



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade