Criador de "Fuller House" é demitido pela Netflix por comportamento inadequeado

"Fuller House" é um spin-off de "Full House"

Reprodução/Instagram

Publicado em 01/03/2018 às 09:47:49 ,
atualizado em 01/03/2018 às 09:53:14

Por: Thiago Forato

Hollywood está com tolerância zero para casos de abusos e assédios nos últimos tempos para com seus profissionais.

Mais uma prova disso é a demissão de Jeff Franklin, o criador de "Fuller House".

Segundo noticiou a revista Variety nesta semana, ele foi acusado de ser verbalmente agressivo e fazer declarações inadequeadas no set e na sala de roteiristas.

Franklin não comentou diretamente as acusações contra ele, mas nesta quarta-feira (28), ele se adiantou e comentou sobre sua saída da série.

"Estou com o coração partido em deixar 'Fuller House'", escreveu ele no seu Instagram ao lado de Andrea Barber, Candace Cameron e Jodie Sweetin.

Ele ainda colocou na legenda: "Criar e executar 'Fuller House' foi a maior alegria. Desejo ao elenco e minha segunda família por mais de 30 anos, sucesso contínuo. Estou tão orgulhoso de tudo o que realizamos junto, além de agradecer aos fãs leais".

Como resultado das alegações, a Warner se recusou a renovar o contrato de produção do veterano escritor de TV.

Em nota, a Warner Bros. afirmou: "Não renovamos o acordo de produção de Jeff Franklin e ele não estará mais trabalhando conosco".

A Netflix reiterou que a produção de "Fuller House" não será afetada. A série foi renovada para uma quarta temporada em janeiro.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade