Nova série do "Jornal da Record" destaca mulheres que denunciam abusos

“Mulheres que não se calam” estreia nesta segunda-feira

Celso Freitas e Adriana Araújo comandam o "Jornal da Record" - Divulgação

Publicado em 25/02/2018 às 18:27:19

Por: Redação NT

O "Jornal da Record" estreia nesta segunda-feira (26) uma nova série de reportagens, intitulada "Mulheres que não se calam".

Repórteres da emissora vão mostrar a postura diferente da sociedade em relação a abusos físicos e psicológicos, com crescimento de denúncias e rejeição a comportamentos até então tolerados em silêncio.

Em 2017, foi registrado um aumento de mais de 50% nas acusações feitas para a Secretaria de Política para Mulheres pelo disque 180. Até mesmo estrelas de Hollywood admitiram ter sido vítimas de abusos e ousaram falar.

Ao longo de cinco episódios, os repórteres Cleisla Garcia, Catarina Hong e Leandro Stoliar falam desse cenário e de como assuntos como assédio, violência doméstica e estupro ganharam destaque.

As reportagens revelam a onda de ativismo em blogs e redes sociais que está sendo reconhecida como uma nova fase do movimento feminista e discutem a conscientização sobre o limites de abordagens pessoais no ambiente de trabalho.

Os jornalistas entrevistam mulheres que romperam a barreira do medo e da vergonha pra denunciar agressões. A reportagem acompanha ainda uma moça no transporte público e nas ruas para ver que tipo de cantadas ela recebe. E, por fim, promove uma mesa redonda para discutir os pontos de vista de homens e mulheres.

O "Jornal da Record" vai ao ar a partir das 21h45, na Record TV.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade