Com química, atores formaram par romântico em mais de um trabalho; veja quem

Fotos: Divulgação

Publicado em 20/01/2018 às 07:30:03

Por: Taty Bruzzi

Por muitas vezes, um casal de atores é selecionado para viver romance em uma novela e a química é tão boa que eles acabam repetindo a dobradinha duas, três ou inúmeras vezes.

Destacamos alguns destes casos. Colegas que viveram um par romântico em mais de uma novela e até no cinema. Alguns deles chegaram a se casar na vida real. E teve um que se tornou sócio em um negócio.

Confira quem são eles:

Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini

A parceria entre eles começou em “Da Cor do Pecado” (2004). Depois, vieram mais duas novelas: “Sete Pecados” (2007) e “Em Família” (2014). Os dois amigos ainda repetiram o romance fictício no cinema, nos filmes “Avassaladoras” (2002), “S.O.S. Mulheres ao Mar” (2013) e “S.O.S. Mulheres ao Mar 2” (2015). Não satisfeitos, em 2014, Giovanna e Gianecchini entraram de sócios em um restaurante, o Pomar Orgânico, localizado no Rio de Janeiro. Entretanto, a sociedade terminou dois anos depois por falta de tempo de ambas
as partes.

Humberto Martins e Vivianne Pasmanter

Em 1993, Humberto Martins viveu Alaor, um peão do interior que se apaixona por Malu, uma riquinha da cidade grande interpretada por Vivianne Pasmanter, no remake de “Mulheres de Areia”. A química entre eles acabou favorecendo mais três trabalhos e os atores voltaram a formar par romântico em “Uga Uga” (2000), “Em Família” (2014) e “Totalmente Demais”
(2015).

Isabelle Drummond e Humberto Carrão

Os jovens já atuaram como um casal em três novelas: “Cheias de Charme” (2012), “Sangue Bom” (2013) e “Geração Brasil” (2014).

Juliana Paes e Rodrigo Lombardi

Ninguém duvida da química em cena entre Juliana Paes e Rodrigo Lombardi. A dobradinha começou em “Caminho das Índias” (2009) e deu tão certo que a autora Gloria Perez mudou o destino do casal, fazendo com que eles terminassem a trama juntos a pedido do telespectador. Depois, os atores se reencontraram no remake de “O Astro” (2011) e recentemente no grande sucesso “A Força do Querer” (2017), outra novela de Gloria Perez.


publicidade

José Mayer e Lília Cabral

A primeira vez que Lília Cabral e José Mayer fizeram par romântico foi em 2009, na trama de Manoel Carlos “Viver a Vida”. Depois, eles se reencontraram em “Fina Estampa” (2011)
e no remake de “Saramandaia” (2013).

Marcello Novaes e Letícia Spiller

Quem não se lembra do Raí e da Babalu em “Quatro por Quatro”? Em 1994, Letícia Spiller e Marcello Novaes formaram um dos casais de protagonistas da comédia de Carlos Lombardi. A paixão da trama atravessou a tela da TV e eles se casaram no ano seguinte. Juntos por 11 anos, os atores tiveram um filho, Pedro, atualmente com 20 anos. Na TV, a dobradinha entre o casal se repetiu em mais dois trabalhos: “Zazá” (1997) e “Sol Nascente” (2016). Letícia e Marcelo também contracenaram juntos no cinema, no filme “Desenrola” (2011).

Tarcísio Meira e Gloria Menezes

Casados há 56 anos, a primeira vez que atuaram juntos na TV foi em 1963, na novela “2-5499 Ocupado”, a primeira exibida diariamente na televisão, pela extinta Excelsior, que serviu de cenário para o início do namoro entre o casal. No total, os atores viveram um par romântico em 17 novelas e no seriado “Tarcísio & Glória” (1998), feito especialmente para eles.

As novelas foram: “Uma Sombra em Minha Vida (1964), “A Deusa Vencida” (1965), “Pedra Redonda 39” (1965), “Almas de Pedra” (1966), “O Grande Segredo” (1967), “Sangue e Areia” (1967), “Rosa Rebelde” (1969), “Irmãos Coragem” (1970), “O Homem que Deve Morrer” (1971), “Cavalo de Aço” (1973), “O Semideus” (1973), “Espelho Mágico/Coquetel de Amor” (1977),
“Guerra dos Sexos” (1983), “Torre de Babel” (1998), “Páginas da Vida” (2006), “A Favorita” (2008).



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade