Reportar erro
Justiça

Motorista de Cristiano Araújo é condenado pela morte do cantor e sua namorada

Ronaldo Miranda deve cumprir pena em regime aberto; cabe recurso

cristianoaraujo-ronaldomiranda_5e5bda809ba765db2b6c7272ca546b3748252e17.jpeg
Ronaldo Miranda era motorista de Cristiano Araújo - Reprodução
Redação NT

Publicado em 18/01/2018 às 17:53:12

Ronaldo Miranda, motorista que dirigia o carro onde estavam o cantor Cristiano Araújo e sua namorada, Allana Moraes, foi condenado pela morte do casal após grave acidente no dia 24 de junho de 2015, na rodovia Transbrasiliana (BR-153), em Goiás.

Ele deve cumprir dois anos e sete meses em regime aberto, por homícido culposo, quando não há a intenção de matar. Além disso, também terá que pagar R$ 25 mil a título de reparação dos danos causados aos sucessores das vítimas e teve sua carteira de habilitação suspensa por dois anos.

A decisão partiu da juíza Patrícia Machado Carrijo no dia 11 de janeiro, mas a sentença só foi divulgado nesta quinta-feira (18). Para ela, ficou comprovada a autoria do crime, já que "Ronaldo tinha plena ciência sobre as condições precárias das rodas instaladas no veículo e do risco inerente dua sua utilização no momento da condução".

Em depoimento prestado no ano passado, o motorista confessou que dirigia acima da velocidade permitida, que era de 110 km/h. Relatório técnico da fabricante da Range Rover apontou que o veículo estava a 179 km/h cinco segundos antes dele sair na pista e capotar.

Motorista de Cristiano Araújo é condenado pela morte do cantor e sua namorada

Assim, o motorista foi condenado por imperícia, imprudência e negligência.

Por outro lado, a magistrada considerou que Ronaldo Miranda cumpriu os requisitos propostos e por isso substituiu a pena privativa de liberdade pela prestação de serviços à comunidade e pela prestação pecuniária de 10 salários mínimos para uma entidade a ser definida.

Desde setembro de 2015, o motorista trabalha com o cantor Marrone, da dupla com Bruno.

A decisão cabe recurso.

Mais Notícias