Televisa perde processo por uso indevido de nome de novela

Divulgação

Publicado em 14/01/2018 às 09:16:57

Por: Eduardo Rangel

A rede mexicana Televisa foi condenada pelo Terceiro Tribunal Unitário em Matérias Civis e Administrativas pelo uso indevido do nome da novela “Mentir para Vivir.

A trama foi exibida pelo Canal de Las Estrellas, principal emissora do grupo, em 2013 e, logo que foi anunciada, Ricardo Valadez, pessoa que tinha o título no sistema de registros do México, procurou a Televisa para apontar a proibição ao uso.

De acordo com o processo, a TV ignorou o pedido e exibiu a novela sem a regularização do nome ou pagamento ao verdadeiro dono do registro.

O processo vinha correndo desde 2013 e na última quarta-feira (10), a Justiça mexicana condenou a Televisa, que terá que pagar 40% de tudo o que foi vendido de comerciais do folhetim.

O cálculo com os recibos terão que ser apresentados na Justiça e as contas passarão por uma perícia.

“Mentir para Vivir” teve 101 capítulos e foi protagonizada por David Zepeda, Gabriel Soto e Mayrín Villanueva.



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade