Reportar erro
SBT

Fixado na segunda, "Conexão Repórter" mostrará casos de mães que acorrentam os filhos

conexaoreporter-acorrentado_5dc7ec77d5a303f9a9b77a4847fb6cb021ef1d56.jpeg
Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 13/01/2018 às 19:13:27

Depois de um teste bem-sucedido, o "Conexão Repórter" foi fixado nas segundas-feiras e a primeira reportagem em novo dia será uma reprise de 2017, numa seleção que virá pelas próximas semanas do que a equipe considera as melhores entrevistas do ano passado.

Para começar, "Dos Reis do Tráfico aos Acorrentados". No documentário, Roberto Cabrini mostra que a morte do menino que era mantido preso pela mãe em Alagoas e dois novos casos no interior de São Paulo trazem novas luzes para uma situação denunciada pelo programa há quatro anos: mães que acorrentam os próprios filhos na tentativa desesperada de protegê-los do tráfico.

Na reportagem, Cabrini revela um Brasil que encarcera mães e filhos em suas próprias casas, mostrando os conflitos e questionamentos de histórias que se repetem. Para as mães, fica o desafio de evitar que os filhos se percam no mundo das drogas. Para o crime organizado, uma fonte de lucro inesgotável em um esquema controlado de dentro das prisões, pelos magnatas do tráfico.

O "Conexão Repórter" vai ao ar segunda (15), a partir das 23h30. no SBT.

TAGS: