Reportar erro
Lista NT

Alvo de polêmica nesta semana, Ratinho coleciona declarações que deram o que falar

ratinhopolemicas_08f78954c8ab3384b26895357b80c088274bc6e5.jpeg
Reprodução
Taty Bruzzi

Publicado em 06/01/2018 às 14:49:18

Uma das estrelas do SBT, Ratinho é conhecido por agitar o seu programa com assuntos polêmicos, além do circo. Esta semana, o apresentador virou assunto também na internet após postar um vídeo em seu perfil do Instagram criticando a minissérie "Entre Irmãs", da Globo.

Na ocasião, Ratinho disse ter ficado surpreso com a quantidade de gays nas produções da emissora carioca. "Estava vendo as novelas da Globo. Temos que olhar a concorrência. Mas a Globo colocou viado até em filme de cangaceiro. Naquele tempo não tinha viado. É muito viado. Não sei o que está acontecendo. Não tem tanto viado assim", disse.

Esta não foi a primeira vez que Ratinho dá declarações polêmicas que agitam os telespectadores.

Relembre outras:

Apresentador critica artistas que fazem uso da Lei Rouanet

Uma das características do comunicador é não poupar das críticas os famosos. Principalmente, os artistas que buscam verba através da lei Rouanet para seus shows. Já passaram pela língua afiada do apresentador celebridades como Cláudia Leitte, Luan Santana e MC Guimê, dentre outros.

“Se você cobra ingresso para [o público] ir, você não pode pegar dinheiro do governo pra fazer show, pô. Isso é uma baita de uma sacanagem", atacou.

Ratinho manda indireta para Andressa Urach ao vivo

Em 2015, o apresentador estava falando de uma modelo de outra emissora em seu programa quando, de repente, mandou uma indireta para a vice-Miss Bumbum que se tornou evangélica. Sem citar nomes, ele disse: “Fez um monte de sacanagem e agora quer pagar de santa? Ah, vá para o quinto dos infernos!", disse.

Quem assistia ao programa logo identificou para quem era o recado.

Apresentador chutou uma caixa de papelão com assistente de palco dentro e fez piada com o choro da moça

Um dos casos mais lembrados pelo público foi também o que mais rendeu. Em abril de 2016, durante um dos quadros do seu programa, Ratinho chutou uma caixa sem saber que lá estava Milene Pavorô, sua assistente, que deixou o palco aos prantos.

Depois do ocorrido, o apresentador ainda fez uma piada no ar. "Você viu que ela é uma funcionário rebelde. Providências terão que ser tomadas", falou. O vídeo viralizou na internet, causando revolta nos internautas.

Ao comentar mais um caso de violência que chocou o Brasil, Ratinho incentivou a população a fazer justiça com as próprias mãos

Estando ao vivo em seu programa, Ratinho relembrou o caso de uma dentista que morreu queimada por um jovem de 17 anos só porque ela tinha apenas R$ 30 para dar ao marginal.

“Ele (assassino) é menor de idade! E por ser menor de idade, ele é protegido pelo Estatuto da Criança e do adolescente. Afinal, essa criancinha tem apenas 17 'aninhos', 'faz' filho, vota, abre empresa... e mata! Ele ter liberdade para matar. Não importa quantos crimes praticar, quantas pessoas eles mataram, não interessa! Aos vinte e um anos ele estará limpo e com a ficha limpa, sem antecedentes criminais. A gente não quer condenar menor. A gente quer condenar menor que não tem dezoito anos”, disse.

O apresentador ainda incentivou o telespectador a tratar bandido conforme ele merece, independente da idade.