Reportar erro
Estreia dia 8

"Treze Dias Longe do Sol" traz à tona o melhor e o pior do ser humano; elenco se confraterniza

elenco_789fa562e3cb1fe9141ed212bd5f56ede445f667.jpeg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 02/01/2018 às 20:25:22

Em "Treze Dias Longe do Sol" os personagens estão todos vivendo em seu limite, e essa situação é provocada por uma grande tragédia – o desmoronamento de um prédio em construção. Enquanto os soterrados aprendem a se unir em busca da sobrevivência, mesmo em meio a todas as adversidades encontradas, os que estão livres do lado de fora, e que precisam assumir a responsabilidade da tragédia, divergem entre si. Serão 13 dias longe do sol para os soterrados e 13 dias das mais odiosas tramas para aqueles que o sol insiste em iluminar.

Na foto, os atores Marcos de Andrade (Messias), Antonio Fábio (Jesuíno), Camila Márdila (Yasmin), Arilson Lopes (Bené) e Démick Lopes (Zika) confraternizam celebrando a produção, escrita por Elena Soárez e Luciano Moura, e também com direção artística de Luciano Moura.

A trama começa quando o engenheiro Saulo Garcez (Selton Mello) está prestes a entregar um centro médico de última geração. Mas com o objetivo de tornar-se sócio majoritário da Baretti Construtora, onde trabalha há muitos anos, Saulo decide fazer perigosas economias. Depois de adulterar os cálculos estruturais do projeto, emprega mão-de-obra barata e usa materiais em quantidade e qualidade inferiores ao recomendável. Os resultados dessas escolhas são trágicos.

\"Treze Dias Longe do Sol\" traz à tona o melhor e o pior do ser humano; elenco se confraterniza

No dia em que Marion Rupp (Carolina Dieckmann) vai vistoriar a obra para entender as razões do seu atraso, o prédio desaba. Marion não é apenas filha do médico para o qual o prédio foi construído, o Dr. Rupp (Lima Duarte). Ela é também a mulher que Saulo descobriu tardiamente ser o amor de sua vida.

Saulo, Marion e mais sete soterrados sobrevivem nos escombros, presos e incomunicáveis no que restou das garagens subterrâneas. Depois que o prédio cai, dois mundos se estabelecem. Debaixo da terra, diferenças, ressentimentos e suspeitas terão que ser superadas para que os sobreviventes lutem por suas vidas. E aqueles homens e aquela mulher, de diferentes idades e classes sociais, viram um só corpo, com uma só vontade: voltar a ver a luz do sol.

Lá em cima, entre os vivos, no entanto, a guerra se instala. Na busca por culpados, cada qual só pensa em como livrar a própria pele. Gilda (Debora Bloch), diretora financeira da Baretti e parceira de Saulo no plano de economizar dinheiro para tornarem-se sócios da construtora, faz de tudo para livrar-se das consequências legais do desabamento. Vitor Baretti (Paulo Vilhena), o herdeiro bon vivant da construtora, se vê no olho de um furacão do qual fugiu a vida inteira.

Mas nem tudo é ganância, covardia e traição no mundo dos que estão em cima. O Capitão Marco Antônio (Fabrício Boliveira), do corpo de bombeiros, está disposto a dar sua própria vida para resgatar os soterrados. Deve isso às famílias que fazem vigília ao redor dos escombros.

Minissérie de Elena Soárez e Luciano Moura, com direção artística de Luciano Moura,

“Treze Dias Longe do Sol” é uma coprodução da Globo com a O2 Filmes. No elenco estão Selton Mello, Carolina Dieckmann, Debora Bloch, Enrique Diaz, Paulo Vilhena, Lima Duarte, Camila Márdila, Fabrício Boliveira, Antônio Fábio e Arilson Lopes, entre outros. A estreia antecipada da obra de 10 episódios aconteceu pelo Globo Play, para assinantes, no dia 2 de novembro e na Globo começa no dia 8 de janeiro de 2018.