Pedrinho de "Pega Pega"

Marcos Caruso revela ter recebido convite da Globo para escrever novela: "Não tenho talento"

"Somos um povo de perdedores", disse Marcos Caruso

Marcos Caruso revela ter recebido convite da Globo para escrever novela:
Marcos Caruso como o Pedrinho Guimarães de "Pega Pega"

Publicado em 16/11/2017 às 15:53:41

Por: Redação NT

O personagem de Marcos Caruso em "Pega Pega" sofrerá mais uma decepção: ficará pobre de novo, perdendo alguns luxos.

Na trama, Pedrinho descobrirá que foi enganado por seu contador e que deve uma grande quantia de impostos. Como prêmio de consolação, conseguirá comprar a casa que foi de Sandra Helena (Nanda Costa), na Tijuca.

"Pedrinho tem caráter. Há pessoas que perdem dinheiro e ficam amargas, violentas, destrutivas. Ele não. Apesar de ter perdido tudo, é um cara que ainda está bem com a vida", disse Caruso ao jornal carioca Extra.

Para o ator, ser rico não significa ter dinheiro na conta: "Tudo o que você adquire internamente, como conhecimento, princípios e relação, é riqueza. Ter televisão e celular de última geração é só ostentação. Acho bom precisarmos uns dos outros. Dinheiro pode sumir da noite para o dia".

Agora, segundo Caruso, Pedrinho perdeu as viagens ao exterior, enquanto tem gente que não pode ir nem a Niterói. "Somos um povo de perdedores, mas na necessidade surge a criatividade. Pedrinho sabe fazer de um limão uma boa caipirinha".

Caruso ainda revela: "Já recebi convites da TV Globo para escrever novelas. Já fiz isso, não quero mais". O ator foi o autor de novelas como "Braço de Ferro" (1983, Band) e "A História de Ana Raio e Zé Trovão" (1990, Manchete).

"Não tenho talento para escrever novela. Séries e programas sim, tenho vontade de fazer", concluiu.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!