Reportar erro
No YouTube

"Venenosa" da Record TV, Fabíola Reipert diz: "A única famosa que gostava de mim morreu"

Colunista participou do canal de Luciana Liviero no YouTube

fabiolareipert-lucianaliviero-youtube_0bbf701a49f31a318050214a1a14dbf7b9a38c53.jpeg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 01/11/2017 às 16:29:43

Em alta com "A Hora da Venenosa" no "Balanço Geral SP", da Record TV, Fabíola Reipert paticipou do canal da jornalista Luciana Liviero no YouTube.

No quadro "Fundo do Baú", a colunista de celebridades mostra objetos que guarda de recordação e fala sobre vida e carreira.

Tida como desafeto por muitos artistas, Fabíola afirma não se importar com o que as pessoas dizem. “Não sou assessora de imprensa pra só falar o lado bom”, dispara. "Eu não me preocupo mesmo. Você pode ver que eu não bato boca em rede social. As pessoas não são obrigadas a gostar de mim, elas têm o direito de me xingar e achar o quiserem", conta.

Do baú, saíram dois bilhetes inesquecíveis para ela: um do namorado, com quem está há oito anos, e outro da apresentadora Hebe Camargo. "Eu vou guardar isso pro resto da vida, eu amava a Hebe. A única famosa que gostava de mim morreu, gente", brincou.

Da família, a colunista guarda um colar de pérolas herdado da madrinha e uma bolsa deixada pela avó. A profissão foi inspirada no pai, que também é jornalista. "Ele sempre trabalhou na Folha, Tupi e Excelsior e podia levar criança, eu achava legal. Aí deu um estalo", explica.

Atualmente ao lado de Reinaldo Gottino e Renato Lombardi, a TV é uma novidade pra quem começou a carreira no impresso. "Eu já me acostumei, mas eu nunca quis isso. Eu não sei nem olhar pra câmera, eu não sei nem sentar. Eu vou do jeito que vai, não tenho muita postura, não tenho muito jeito pra isso não", relata.

Apaixonada por animais, Fabíola Reipert também guarda uma roupinha especial da cachorra Lua, que foi sua companheira durante 16 anos até morrer em decorrência de um câncer.

Confira o vídeo: