Decepcionada, sereia que inspirou Ritinha detona personagem, Ísis Valverde e Gloria Perez

"Ritinha acabou virando uma menina chata, egoísta, rasa... uma psicopata", bradou

Reprodução

Publicado em 18/10/2017 às 19:01:38 , atualizado em 18/10/2017 às 21:15:25

Por: Fabrício Falcheti

Após entrevista ao UOL, em que se disse decepcionada com a novela "A Força do Querer", Mirella Ferraz, adepta do "sereísmo" que ajudou Gloria Perez a criar a personagem Ritinha, vivida por Ísis Valverde, usou sua página do Facebook nesta quarta-feira (18) para desabafar e reforçar seu desapontamento com os envolvidos.

Ela, que disse ter fugido da imprensa durante toda a trama, afirma que se sentiu traída pela autora. "A Gloria Perez, inclusive, me fez inúmeras promessas que no final não cumpriu, como a de me recompensar por tanto trabalho e ajuda (de graça!) e por servir de inspiração pra essa personagem. O mínimo, ela dizia, era que me apresentaria ao público nessa novela, em algumas participações, que, claro, como todos sabem, não se cumpriu", escreveu.

Mirella manteve contato com Gloria desde 2015, enviando áudios sobre sua história e até mesmo fazendo encontros pessoais para que a sereia Ritinha fosse criada, inspirada na sua vida. "Todo esse trabalho foi em vão, porque o que foi visto foi um desrespeito comigo, com a minha história. A personagem não foi nada do que estava proposto e acabou virando uma menina chata, egoísta, rasa, sem nada na cabeça, que não se importa nem com a própria mãe, que só engana de forma infantil e traiçoeira. E o pior, como foi largamente divulgado que ela seria inspirada em mim, ficou como se eu fosse tudo isso. Essa psicopata!", detonou.

Sobrou também para Ísis Valverde. "Ísis tentava me boicotar de todas as formas. Dizia que não ia tirar foto comigo e não queria que eu postasse as que eu tirava com meu celular, porque, nas palavras dela: ‘Você não tem que aparecer, eu que tenho que ser A Sereia!’", bradou.

Ao UOL, a assessoria de imprensa da atriz disse que "essa moça foi contratada pela emissora para preparar a Isis lá no começo da novela. Mas estava imputando à atriz uma relação que não era dela, e sim da produção da emissora. Por isso, não houve autorização para prosseguimento". O NaTelinha também procurou a empresa que cuida da carreira de Ísis, que não quis mais se pronunciar.

Ainda no desabafo em seu Facebook, Mirella Ferraz disse que a "comunidade sereística" ficou revoltada com a personagem.

Por fim, revelou que a pessoa que mais esperava para vê-la numa participação era seu pai, que faleceu há três meses. "Eu não tive sequer uma condolência de Gloria Perez ou de Isis Valverde. Isso me fez ficar com o coração na mão por causa dele, que, doente, sempre perguntava disso. Pra mim, desde que a personagem foi desvirtuada não me importava mais", comentou.

"A Força do Querer" chega ao fim nesta sexta (20).

 



LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade