Reportar erro
Uso indevido de conteúdo

Irmão de Pablo Escobar quer indenização bilionária da Netflix

"Narcos" já foi renovada para a quarta temporada, mas irmão de traficante quer impedir continuação

escobargaviria_4695015a9c544f49180f9b79386718f6ca2315f7.jpeg
O irmão de Pablo Escobar - Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 26/09/2017 às 09:00:06

Uma das séries mais exitosas da Netflix no momento, "Narcos", não é bom vista com bons olhos pelo irmão de Pablo Escobar, Roberto de Jesus Escobar Gaviria, de 71 anos.

Para ele, a série exibe um conteúdo de uso não autorizado. E quer a quantia de US$ 1 bilhão como indenização.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o irmão do famoso traficante, diz que exigirá que a Netflix pague a segurança pessoal para todo o elenco e equipe que trabalha para realizar a série.

A declaração foi feita uma semana depois de uma gerente de locação ter sido morto a tiros no México, enquanto busca um lugar para as filmagens. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Gaviria não é só irmão de Pablo escobar. Ele foi um dos principais nomes de seu império nas décadas de 1980 e 1990, sendo preso em 93, e libertado em 2003.

Em julho do ano passado, ele enviou uma carta à Netflix exigindo 1 bilhão de dólares pelo uso não autorizado de conteúdo. "Se não recebermos, vamos acabar com a série", ameaçou Gaviria ao The Hollywood Reporter.

"É muito perigoso [realizar a série] especialmente sem a nossa benção. É o meu país", declarou.

TAGS:
Mais Notícias