Reportar erro
Caso policial

Ex-repórter da RedeTV! é presa no litoral e levada a SP suspeita de envolvimento com o PCC

luanadon-redetv_a6ffc7448cd6682781b4f31438fcb34643d261d0.jpeg
Luana Don na época de RedeTV! - Reprodução
Redação NT

Publicado em 04/07/2017 às 16:00:24

Chegou na tarde desta terça-feira (4) em São Paulo a jornalista, ex-repórter da RedeTV! e advogada Luana de Almeida Domingos, presa na manhã de hoje em Ilhabela, no litoral paulista.

Conhecida artisticamente como Luana Don, ela é investigada pela polícia de São Paulo e do Rio por suspeita de envolvimento com a organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua dentro e fora dos presídios, transmitindo ordens da facção para presos e outros membros nas ruas.

Ela foi pega hoje por policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio e encaminhada para o Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade) em São Paulo na sequência.

Luana foi repórter do programa "Superpop", de Luciana Gimenez, entre 2012 e 2016, quando não havia qualquer suspeita.

Segundo a Polícia Civil de São Paulo, ela atuava como "pombo-correio" da célula “sintonia dos gravatas”, uma espécie de departamento jurídico do PCC.

Ex-repórter da RedeTV! é presa no litoral e levada a SP suspeita de envolvimento com o PCCLuana se esconde ao chegar em São Paulo - Reprodução/TV Globo

O delegado da Desarme, André Leira, explicou que a jornalista e advogada estava sendo procurada no Rio porque seu namorado vive na região de São Conrado e também porque ela mesma já havia morado e atuado na cidade. As investigações acabaram levando os policiais até Ilhabela, onde ela usava uma casa como esconderijo.

A suspeita sobre Luana Don surgiu em novembro de 2016 através da Operação Ethos, coordenada pelo Ministério Público de São Paulo e que visava combater advogados que comandavam esquema de pagamento de propina para favorecer o PCC.

A partir disso, a polícia expediu um mandado de prisão preventiva contra ela sob suspeita dos crimes de corrupção ativa e integrar organização criminosa.

Ex-repórter da RedeTV! é presa no litoral e levada a SP suspeita de envolvimento com o PCC

Luana Don estava na lista de pessoas mais procuradas pela Justiça de São Paulo.

TAGS: