Reportar erro
Alerta vermelho

TVs dos EUA buscam internet para reconquistar telespectadores jovens

O público jovem se afastou da TV

televisao-jovens-ilustracao_a32f763b699b9d76efe8e4adf62cd0ef629b2375.jpeg
Foto/Ilustração
Thiago Forato

Publicado em 01/07/2017 às 09:51:12

Se no Brasil a fuga dos telespectadores jovens do Brasil está assustando a televisão aberta, nos Estados Unidos não é diferente.

A Discovery Communications e a Turner, do grupo Time Warner, estão dando um passo importante na tentativa de reconquistar os jovens, que se debandaram da frente da TV.

Eles estão disponibilizando episódios inteiros de novos programas pela web ou em seus aplicativos antes de sua transmissão na TV.

Os canais a cabo, como o Showtime, por exemplo, fazem isso há anos. Mas, com serviços por streaming poderosos, como a Amazon e Netflix, está cada vez mais difícil segurar.

Só em 2016, a Turner lançou cinco estreias no Facebook e no YouTube. O Discovery pretende disponibilizar o primeiro episódio de uma de suas séries em seu aplicativo para assinantes antes de passar na TV, por exemplo.

A ESPN, do grupo Disney, também embarca nessa. Ela está em declínio nos EUA quanto ao número de assinantes. Neste ano, quando o futebol americano voltar, ela permitirá que os espectadores online assistam 10 minutos de qualquer jogo ou programa de graça em seu aplicativo.

TAGS: