Reportar erro
Memórias da Telinha

Há 10 anos, SBT dava "arrancada da vitória" e virava motivo de chacota

Ano ficou marcado negativamente para o SBT, que estreou atrações, mas mesmo assim, perdeu o segundo lugar na Grande São Paulo

marcoarrancadavitoria_7491d69f898adcaf6423600942ebf425eb74b45e.jpeg
SBT alardeava que a concorrência "tremeria de medo" - Reprodução
Thiago Forato

Publicado em 30/03/2017 às 15:12:25

Em 2007, vendo a RecordTV tomar a vice-liderança, de onde o SBT sempre foi "líder absoluto", Silvio Santos virou a grade de programação da sua emissora de cabeça pra baixo.

Com chamadas ressaltando "novos programas, novas novelas e novas contratações", elas diziam que "começa em março, a arrancada da vitória do SBT", com um sonoro "a concorrência vai tremer de medo" em seus finais. A tentativa virou motivo de chacota entre o público, imprensa e concorrentes.

Para começar, Silvio Santos, que estava ausente dos domingos em 2006, comandando apenas algumas edições do "Rei Majestade" daquele ano, que logo se mudou para as quartas, tratou de retomar seu costumeiro dia.

Marcado para o dia 4 de março, o animador reestreou o programa "Tentação", do Baú da Felicidade, às 13h, seguido da segunda edição do "Rei Majestade" (que não havia dado certo em 2006), "Topa ou Não Topa" e o "Primeiro Campeonato Brasileiro de Dança".

Há 10 anos, SBT dava \"arrancada da vitória\" e virava motivo de chacotaApós fracasso de 2006, "Rei Majestade" ganhou segunda edição em 2007 nas tardes de domingo

O resultado foi catastrófico. A RecordTV manteve o segundo lugar contra Silvio Santos. O "Tudo é Possivel", de Eliana, venceu o "Rei Majestade" (8 a 7), "Topa ou Não Topa" (9 a 8) e "Tentação" (8 a 6). E de quebra, bateu Gugu com seu "Domingo Legal" (10 a 6).

Silvio Santos chamou para si a responsabilidade de reaquecer os números de audiência de sua emissora aos domingos. "A partir da 1 hora da tarde, até às cinco horas da tarde, antes do Gugu", ressaltava a chamada.

O dono do SBT também mexeu na linha de shows. Criou um segundo horário às 20h15, com Hebe às segundas, "Você é o Jurado" com apresentação de Ratinho às terças, "Ídolos" às quartas e quintas e o "Curtindo com Reais" sob o comando de Celso Portiolli às sextas, numa releitura do "Curtindo uma Viagem".

Há 10 anos, SBT dava \"arrancada da vitória\" e virava motivo de chacota
"SBT Realidade" era exibido às segundas nos final de noite

Além disso, o SBT promoveu uma drástica alteração no formato do "Charme" de Adriane Galisteu, o jogando para as madrugadas com ares de talk-show, e a estreia do "SBT Realidade", de Ana Paula Padrão. No gênero da dramaturgia, a emissora apostou num remake de "Maria Mercedes", com o título de "Maria Esperança", estrelado por Bárbara Paz.

Para os sábados, às 22h, o SBT preparou a volta do "Viva a Noite" com a cantora Gilmelândia comandando. O resultado: não decolou, e em pouco tempo mudou de horário, para o das 18h30, até sair do ar.

A concorrência não tremeu

Com "Maria Esperança" patinando nos 4 pontos (chegando a apenas 2,5) e um amargo sexto lugar por vezes, com praticamente toda a linha de shows em terceiro lugar, o SBT se distanciou ainda mais da RecordTV.

Há 10 anos, SBT dava \"arrancada da vitória\" e virava motivo de chacota
"Maria Esperança" não foi bem no Ibope em 2007

2007 foi o ano que ficou marcado para o SBT da perda do segundo lugar na Grande São Paulo, praça mais importante do país. Na média anual, a rede de Silvio Santos fechou com 6,4 pontos contra 7,2 da RecordTV (das 7h à 0h). Em 2006, o SBT ainda era vice e havia marcado 7,6 pontos contra 6,1 do canal de Edir Macedo.

No PNT (Painel Nacional de Televisão), o resultado foi mais parelho: 6,4 pontos contra 6,2 da RecordTV (também das 7h à 0h). Pela primeira vez, um empate técnico.

A rede do Homem do Baú só voltaria a disputar com a RecordTV o segundo lugar na Grande São Paulo anos mais tarde.

TAGS:
Mais Notícias