Reportar erro
Notícias

"Sully - Um Herói do Rio Hudson" marca o retorno de Tom Hanks ao cinema

Filme chegou a ser adiado no Brasil por conta da tragédia com a Chapecoense

sully-filme (1).jpg
Divulgação
Taty Bruzzi

Publicado em 15/12/2016 às 19:47:41

Estreia nesta quinta-feira (15), o filme “Sully - Um Herói do Rio Hudson". Em 15 de janeiro de 2009, após decolar do aeroporto de La Guardia, em Nova York, a aeronave pilotada por Chesley Sullenberger (Tom Hanks) é atingida por uma revoada de pássaros.
 
O incidente provoca danos às turbinas do avião, fazendo com que Sully, como o piloto é chamado, tente um pouso forçado em pleno rio Hudson. A iniciativa dele é bem sucedida, garantindo a vida dos 150 passageiros a bordo. 
 
Embora o ocorrido transforme o piloto em um grande herói nacional, isso não o impede de passar pelo transtorno de ser julgado internamente pela agência de regulação aérea nos Estados Unidos. 
 
Estreia no Brasil foi adiada após acidente com a delegação da Chapecoense
 
 
Baseado em fatos reais, o filme “Sully – Um Herói do Rio Hudson” traz de volta Tom Hanks como protagonista e a direção do já renomado ator, e que tem feito bem seu papel de diretor, Clint Eastwood.
 
De acordo com a crítica, o roteiro, escrito por Todd Komarnicki, não diz muito além do acidente. No entanto, com base no livro "Highest Duty", Clint Eastwood conseguiu extrair a dramaticidade na dose certa, fazendo um filme sóbrio e pouco sentimental. 
 
Cotada para receber indicações ao Oscar 2017, a produção entraria em circuito no dia 1º de dezembro, mas a Warner Bros Pictures, responsável pela distribuição em todo o Brasil, optou pelo seu adiamento após a queda do avião com a delegação da Chapecoense na Colômbia no último dia 29 de novembro, matando 71 passageiros. 
 
 
Em comunicado, a empresa se disse profundamente entristecida com a notícia. “A fim de sermos respeitosos com esta tragédia, tomamos a decisão de adiar a estreia de 'Sully: O Herói do Rio Hudson'. Estendemos nossas sinceras condolências às famílias e aos entes queridos das vítimas neste triste momento", afirmou em nota.