Reportar erro
Notícias

Band atrasa repasses para afiliadas e deixa canais em situação complicada

Rede parou de fazer repasses semanais de dinheiro às parceiras

band-logo-grande.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 02/12/2016 às 17:33:38

Quarta maior emissora em audiência e número de afiliadas, a Band está atrasando os repasses em dinheiro para algumas de suas mais importantes emissoras e retransmissoras pelo Brasil.

Segundo informações obtidas pelo NaTelinha, com pelo menos quatro fontes diferentes pelo país, o canal paulista está atrasando há três meses o pagamento que fazia semanalmente para as afiliadas, às sextas-feiras.

Dentro da Band, a informação é de que, no fim deste ano, a crise econômica apertou bastante e estes repasses tiveram que ser cancelados, não tendo previsão de volta.

Os casos mais notórios e pesados, segundo as fontes ouvidas, são da TV Goiânia, afiliada em Goiás; RBATV, no Pará; TV Tarobá, afiliada no Paraná, e TV Barriga Verde, nome verdadeiro da Band Santa Catarina - que é apenas um título fantasia, não sendo própria do Grupo Bandeirantes.

Estas emissoras estão tendo que se virar para manterem as contas, e inclusive estão vendendo horários para igrejas evangélicas locais e nacionais. Em Goiânia e Belém, por exemplo, isso já aconteceu. Na capital goiana, a faixa da manhã, das 6h às 7h, foi repassada para a igreja, levando o programa policial "Chumbo Grosso", uma das melhores audiências da casa, a perder meia hora.

O canal também vendeu o horário do almoço, entre 13h20 e 14h, cortando quarenta minutos do "Fala Goiás", que já chegou a liderar a audiência.

No caso da RBATV, as vendas aconteceram também na faixa das 6h às 6h30 e no horário da tarde. O esportivo "Camisa 13", que era às 6h, foi para as 6h30, e o policial "Cidade Contra o Crime", que começava às 6h30, foi para às 7h e agora termina às 8h - antes era às 6h30.

Depois, a cidade exibe dois concessionários - "Shop Mix" e uma igreja evangélica local -, e entrega diretamente para o "Dia a Dia", sem exibir o "Café com Jornal" para o estado.

Na faixa da tarde, o canal vendeu a faixa das 14h30 às 15h30 para a Igreja Universal do Reino de Deus, o que tem ajudado a fechar as contas. No Paraná e em Santa Catarina, nada de vendagens de horários, mas demissões. Pequenos cortes estão sendo feitos nas duas afiliadas para ajustar o atual momento.

Estima-se que, contabilizando apenas estas quatro afiliadas, a dívida da Band com os canais seja de quase R$ 1,5 milhão, dinheiro que pode parecer pouco para a TV, mas que ajuda a mantê-los de forma saudável.

Procurada pela reportagem do NaTelinha, a assessoria da Band se limitou a dizer que "a relação com suas emissoras afiliadas é regida por contratos de caráter confidencial".

TAGS: