Reportar erro
Notícias

Mauro Beting deixa Fox Sports após quase três anos: "A família manda"

maurobeting-foxsports-grande.jpg
Divulgação/Fox Sports
Redação NT

Publicado em 31/10/2016 às 11:25:16

Na manhã desta segunda-feira (31), o jornalista Mauro Beting anunciou que não faz mais parte do casting de comentaristas do Fox Sports, onde estava desde janeiro de 2014.

Desde então, Mauro fez parte do time que cobriu a Copa do Mundo de 2014 aqui no Brasil, atuou em inúmeros jogos internacionais e também nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto deste ano.

Ao NaTelinha, a emissora esportiva confirma a não renovação de seu vínculo, que termina justamente hoje. O principal motivo é simples e explicado pelo próprio Mauro, em um texto publicado nas redes sociais.

Recentemente, o Fox Sports mudou grande parte de sua operação para o Rio de Janeiro, e a emissora queria que Mauro Beting trocasse de cidade. Porém, toda a sua família está habituada à São Paulo, e não queria ir.

A Fox até tentou manter o jornalista, mas Beting sentiu que não seria tão útil quanto gostaria. Por ora, ele continua com um blog no UOL e como comentarista na Rádio Jovem Pan, ficando fora da TV.

Veja o texto publicado por Mauro nas redes sociais na íntegra:

"EU saí da querida Fox. Porque precisei. Portas irrecusáveis foram abertas em novo lar que permite que eu me sinta ainda mais em casa.

Dezembro de 2001. Avenida Brasil. São Paulo. Um ex-chefe conversa comigo. - Mauro, infelizmente a nossa PSN não deu certo. Sorte sua que você saiu meses antes de ela fechar. Mas agora em 2002 vamos lançar um novo canal esportivo no Brasil. Foxsports. Topas? - Claro. Estamos juntos.

Mas só fomos mesmo torcer e trabalhar juntos em 26 de janeiro de 2014. Quando estreei nos novos estúdios paulistanos com José Ilan, Marina Ferrari e Renato Maurício Prado comentando no Central Fox, dois anos depois do lançamento vitorioso do canal. Sacramentando a conversa que tive pela primeira vez com o amigo Edu Zebini, no Pacaembu, pouco antes de Palmeiras 1 X 2 Tijuana, em 14 de maio de 2013. - Vamos conversar?

E conversamos até acertar tudo com a Fox em setembro de 2013. Pouco mais de um mês depois de minha demissão-não-demissão da Rádio Bandeirantes. Aquela em que virei trending topic mundial por mais de 20 minutos. Em primeiro lugar, no primeiro de agosto.
Justo eu que não peço e não tenho pretensão para ser número um em nada. Justo eu que não tenho vontade de ganhar mais números. Se fosse eu teria morado em Miami, em 2000. Ou teria trocado a Fox por outra emissora da qual sou fã em 2015.

Mas o que não troco é o meu lar. A Fox queria que eu morasse no Rio. Longe da minha mulher, dos meus filhos, dos meus enteados e da minha mãe. Não posso. Nada contra o Rio que amo. Mas meu sorriso eu perderia. Junto com dinheiro e outros trabalhos em rádio, documentários, eventos e palestras. A Fox até topou me deixar em São Paulo. Mas seria muito mais complicada a nova logística. Para a casa e para mim. As escalas seguiriam limitadas. Eu estaria me dividindo mais que multiplicando meu trabalho em várias mídias.
Foi necessário escolher quem pode me dar muito mais.

A Fox mora no meu coração. Com tantos amigos que são colegas. Com tantos colegas que viraram amigos.
Mas a família manda. Sempre.

Não tenho palavras para agradecer tudo que foi a Fox. Mas era o momento. E o futuro me tentou. Não há como recusar o futuro e recuar.

Fox que me faz acordar cedo para ver Felipe, Helena e Livia. Almoçar com Benja, Flavinho, Pascoal, Sormani, Mano e Mário Sérgio. Passar o meu Boa Tarde Fox com o Prieto, Karine e Eugênio. Xingar Quesada no Expediente com João Guilherme, Calheiros, Símon, Edmundo, Paulo Lima. Acompanhar Edu Elias e Renata Cordeiro no Central. Me divertir com Bonfá e Porta dos Fundos. Narrar jogos com Villani, Marco, Deva, Hamilton, Éder, Cascino, Cortez, Silva, Decimar. Comentar programas com PJ, Bubu, Mattar, Lago, João Antonio, Thiaguinho, Edgar, Baldini, Gilmar, Marluci, Athirson, René, Falcão, Luxemburgo, Robson, Oscar, Mireya e Ricardinho. Reportar com Mauro Júnior, Roberta, Vitu, Daniela, Leticia, Winicki, Caetano, Jackson, André, Lara, Lay, Gudryan, Cadengue, Eduarda, Juliano, João, Vagner, Bertozzi. Aprender com Gustavo Leme, Moron, Marinho, Rogérios, Sidão, Wilson Jr, Pedro Tadeu, Helo, Deise, Micheletti, Calvozo, Carloto, Pé, Serginho, Portella, Solange, LH, Kawamura, Henrique, Luizinho, Pedrinho, Gabi. Esse é meu Raio Fox com PVC e o Zé Eduardo.

Não tinha como ficar trabalhando e torcendo juntos por mais tempo. Só teremos ainda o prazer da amizade continuada. A torcida junto por uma casa que foi minha com enorme prazer e honra. E que foi plantada e semeada como um jardineiro do Ipiranga. Com muito amor.

Casa que foi meu lar por três anos. E tanto quis que fosse mais. Só lamento a mudança de SP para Rio em 2016. Mudança de planos da casa que me fez mudar meus rumos e sonhos. Não tenho como mudar o meu lar. Nem o que sou.

Essa foi minha Fox com Carlão, Túlio, Davi, Rodrigo, Michel, Leo, Zé Carlos, Betão, Zé, Roger, Pardal, Luis, Bispo, Felipe, Evaldinho, Bomba, câmeras e operadores, a equipe mais técnica que o Brasil de 70, Lucianinho, Gilmar, Borges, Edinho, Zequini, Puff, Marcel, Thiago, Felipes, Agnes, Alicia, Aline, Artur, Goteira, Lilácio, Varejão, Ayres, Rafaela, Zaniratto, Murilo, Cidão, Clara, Tati, Seamus, Dedão, Carol, Simone, Marcos, Mateus, Tião, Edu, Farofa, Carlos, Diogo, Vitor, Matheus, Rafaela, Ricardo, Ana Luiza, Gustavo, Bianca, Camille, Carol, Conrado, Balotelli, Douglinhas, Selvani, Luiz, Alex, Luiza, Leonardo, Brandão, Renato, Guilherme, Aron, Fernando, Garrafão, Palmitão, Luiz, Cesinha, Sueli, Teodora, Claudio, qJessica, Maria, Angelica, Paula, Marina, Mônica e as meninas do figurino no Rio, turma da maquiagem carioca, galera do áudio, turma dos estúdios do Rio, Bonfim, Lili, Lu, Maria, Eli, Adeliana, Ana, Renata Millington, Fefa, seguranças do Rio e SP, Júlio, Amanda, Juan, Alexander, Bruno, Alexandre, pessoal da InHouse, motoristas, Carlos, Mário, Elton, Daniel, Pedro, João, patota do site, da Olimpíada, do Cosme Velho, da Barra, da Conselheiro Ramalho.

Gente que posso não ter escrito. Mas não esqueço.

Obrigado. Vocês são Fox!

Seguimos juntos".