"Todo mundo tá virando gay e evangélico, tá na moda", diz Mara no "Fofocando"

Leão Lobo e Leo Dias rebateram

Fotos: Reprodução/ SBT

Publicado em 30/09/2016 às 15:59:42

Por: Sem autor

Mara Maravilha causou na edição desta sexta-feira (30) do "Fofocando", no SBT, que contou com a estreia de mais uma novidade.

Depois da própria Mara, que começou na última segunda (26), o colunista de celebridades Léo Dias também passou a fazer parte do programa.

Ele foi contratado justamente para concorrer com Fabíola Reipert, sucesso do "A Hora da Venenosa", exibido dentro do "Balanço Geral SP", que é líder de audiência e vence o "Vídeo Show", da Globo.

Agora, ele comenta as tblnoticia diretamente do SBT Rio, com Leão Lobo, Mara Maravilha e Mamma Bruschetta no estúdio localizado em Osasco, na Grande São Paulo.

Porém, já na primeira edição com os quatro juntos, Mara Maravilha causou. Evangélica, a apresentadora já disse outras vezes que era contra a homossexualidade. Agora, ela falou o mesmo no programa do SBT, onde três gays assumidos trabalham: Léo, Leão e Mamma.


Foto: Reprodução/ SBT

Mara disse que todo mundo estava virando gay ou evangélico por ser bonitinho: "Todo mundo tá virando gay e evangélico hoje, tá na moda, é bonitinho".

Visivelmente incomodados, Leão e Léo Dias deixaram claro que eles discordavam. "Eu assumi que era gay, fui um dos primeiros na TV brasileira a fazer isso, lá em 1900 e não sei quanto", disse Leão. Já Léo foi mais direto: "Eu nasci gay, isso eu tenho certeza".

O fato gerou repercussão negativa nas redes sociais para o programa, que ainda não emplacou nos números de Ibope, marcando entre 4 e 5 pontos na Grande São Paulo.




 

TAGS:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!