Diretor do SBT critica José Trajano e ESPN por protesto contra Danilo Gentili

Jornalista esportivo não gostou da visita do humorista ao canal pago

Repercutiu muito mal a critica de José Trajano

Publicado em 30/05/2016 às 15:29:57

Por: Fabrício Falcheti

Repercutiu muito mal no SBT a crítica que José Trajano fez à Danilo Gentili, que participou do programa "Bate Bola Debate", da ESPN, na semana passada.

No "Linha de Passe" da última sexta-feira (27), Trajano fez um protesto pelo convite à Gentili, dizendo representar um grupo da ESPN. "O canal abrigou esta semana um personagem engraçadinho, que se porta como um sujeito que faz apologia do estupro em nome do humor, dizendo que no humor cabe tudo. Esse grupo ficou enojado com a presença dele”, disse.

O jornalista não citou nomes, mas ficou claro que falava de Gentili. Trajano comentou uma citação de 2012 do humorista no Twitter: “O cara esperou uma gostosa ficar bêbada pra transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá pra um cara desses: Gênio”.

Trajano ainda criticou a produção da ESPN por chamar o apresentador do SBT: "Talvez por descuido da produção, uma produção alienada e não comprometida com o que acontece no país”.

Depois disso, Danilo Gentili usou seu perfil no Facebook para rebater a crítica. “Conseguiram o que queriam: a ira e o repúdio de muita gente contra mim…É assim que funciona a máquina de moer reputações. E você, que está lendo isto agora, paga por ela… O militante petista Trajano, usando seu distintivo de jornalista, ontem me acusou na televisão de um crime que jamais cometi (e com certeza jamais cometeria)”, escreveu.

Já nesta segunda (30), o diretor de planejamento artístico do SBT, Fernando Pelégio, foi ao Twitter e detonou José Trajano, dizendo que foi gentil ao ceder seu apresentador, que acabou muito mal recebido.

“Esse José Trajano não merece o microfone que tem. O SBT foi gentil em ceder uma de suas principais estrelas e eles o tratam assim?”, disse.

Pelégio também criticou a ESPN e falou do crescimento do seu principal concorrente, o Fox Sports: "Trajano e Kfoury falam movidos pelo ódio e naturalmente entende-se o porque FOX Sports vem crescendo".

E finalizou: “Se a ESPN tem rachas dentro da sua estrutura, sugiro que resolvam tudo antes de pedirem nossos contratados”.

José Trajano foi diretor de jornalismo da ESPN Brasil entre 1995 e 2012. Desde então, atua apenas como comentarista.



COMENTÁRIOS