Campanha pede demissão de Paulo Henrique Amorim da Record

Motivo seria o claro apoio do jornalista ao Governo PT

Divulgação/TV Record

Publicado em 27/03/2016 às 19:50:49

Por: Sem autor

Desde este último sábado (26), uma campanha nas rede sociais - principalmente no Facebook e WhatsApp - está pedindo a demissão do jornalista e apresentador do "Domingo Espetacular", da Record, Paulo Henrique Amorim.

[bannerO pedido estaria sendo feito por conta de Paulo Henrique notoriamente ser um apoiador do Governo Dilma Rousseff (PT) em seu blog na internet, o Conversa Afiada. "Vamos boicotar a Rede Record até que ele seja demitido", pede uma imagem que vem sendo bastante compartilhada.

A revolta contra o jornalista aumentou nesta semana, depois que vários blogs contrários ao governo divulgaram a informação do valor que Amorim supostamente recebe de publicidade do Estado em seu blog pessoal.

Seriam R$ 6,2 milhões apenas nos últimos anos. Vale lembrar que a legislação permite que Governos Federal, Estadual e Municipal anunciem em qualquer tipo de plataforma de comunicação. Desde os anos 70, o Governo é o maior cliente dos meios de comunicação. Em 2014, por exemplo, a Globo, que é bastante criticada pelos militantes pró-Governo, foi o veículo que mais recebeu por publicidade estatal, por exemplo.

Amorim está na Record desde 2003, onde apresentou um telejornal no fim de noite - o "Edição de Notícias" -, o clássico "Tudo a Ver" e o "Domingo Espetacular", onde está desde 2006. Atualmente, o programa é vice-líder nas noites de domingo, com 12 pontos de audiência na Grande São Paulo.



COMENTÁRIOS