Reportar erro
Notícias

Crise faz "Jornal da Globo" acionar Heraldo Pereira até durante viagem

Jornalista entrou diretamente de Ribeirão Preto, mas GC ignorou mudança

heraldopereira-eptv-ribeiraopreto-17032016.jpg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 18/03/2016 às 16:40:31

O “Jornal da Globo”, tradicionalmente o espaço mais político do noticiário global, vem dedicando diversos links na capital federal diariamente para a repercussão da crise que vem abalando o país.

Um dos mais acionados por William Waack é Heraldo Pereira, colunista fixo do telejornal, que costuma comandar o “Pinga-Fogo”, quadro em que entrevista congressistas com posições conflitantes.

Nesta quinta-feira (17), porém, o jornalista teve de ancorar sua participação quase 700 quilômetros distante de Brasília. A intervenção foi feita direto dos estúdios da EPTV em Ribeirão Preto, cidade de origem dele, no interior de São Paulo.

Heraldo esteve na cidade para realização de uma palestra previamente agendada por uma revista local. Nesses casos de viagens, ele geralmente não participa do “JG”, com seu papel sendo dividido entre os demais repórteres. Dessa vez, a conversa entre Heraldo e Waack foi considerada imprescindível. Além de saudar o público pelo prestígio da audiência, a participação foi dedicada principalmente a comentar a repercussão entre juristas das escutas telefônicas de conversas do ex-presidente Lula.

Nos caracteres, porém, o deslocamento foi ignorado. Por descuido, a identificação repetiu o padrão das participações do jornalista, o apontando em Brasília. Além da palestra, elogiada por participantes nas redes sociais, Heraldo ainda participou de um programa de rádio na cidade.

Para o site da revista Revide, publicação do qual foi palestrante, ele comentou sobre o momento do país: “o que é de direita ou o que é de esquerda não tem mais significado. Estamos passando por uma crise de representação”. O jornalista, que também é mestre em Direito, disse que “teremos aí pela frente muita coisa”, ao comentar sobre o andamento do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. “Espero estar preparado”, concluiu.  

Nesta sexta (18), a palestra foi repercutida no “Bom Dia Cidade”, do mesmo estúdio em que Heraldo esteve poucas horas antes.

Mais Notícias