Reportar erro
Notícias

Sindicato dos Jornalistas de SP participa de movimento em defesa de Lula

874c148bf4a71f7e47351c18a3a2fbd7.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/03/2016 às 21:25:21

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) abriu sua sede, na região central da capital paulista, nesta sexta-feira (4) em apoio à convocatória da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

A CUT está chamando entidades para organizar frente ampla em defesa do ex-presidente Lula que, nesta sexta,  foi levado pela Polícia Federal para depor pela 24ª fase da Operação Lava Jato, batizada de "Aletheia" - busca da verdade em grego.

No site do SJSP foi colocada a íntegra da convocatória da CUT, que afirma que fará vigília em todo o país em defesa de Lula e “contra o golpe”. O comunicado oficial orienta as CUTs estaduais e todos os seus sindicatos a iniciarem, imediatamente, a luta em favor do ex-presidente investigado.

“O maior líder popular da história do Brasil foi constrangido a depor coercitivamente pela Polícia Federal, mesmo não tendo uma única prova de que cometeu qualquer ato ilícito. O ex-presidente Lula tem endereço fixo, se prontificou a dar todas as informações solicitadas e a única denúncia contra ele é a suposta delação feita pelo senador Delcídio Amaral”, argumenta a CUT na convocação divulgada pelo SJSP.

Unidos, o sindicato e a CUT prometem "vigília permanente" no lugar mais apropriado de cada uma das cidades, “onde a militância possa demonstrar que está unida em defesa de Lula, enquanto aguarda orientações sobre os próximos passos”, disseram os organizadores do movimento.

Mais Notícias