Morre o humorista Tutuca, de "A Praça é Nossa"; velório será neste sábado

Divulgação

Publicado em 04/12/2015 às 09:47:59

Por: Fabrício Falcheti

Morreu nesta quinta-feira (3), aos 83 anos, o humorista Tutuca, mais conhecido por atuar em programas como "A Praça é Nossa", do SBT, e "Zorra Total", da Globo. O velório acontecerá no sábado (5), às 14h, no Crematório do Caju, no Rio de Janeiro.

Ele estava internado desde terça (1) no hospital Barra D'Or, após complicações de um terceiro AVC (Acidente Vascular Cerebral) que sofreu, há dois anos, e teve uma parada cardíaca.

Tutuca era o nome artístico de Ulisver João Baptista Linhares, que nasceu em 1932 e iniciou sua carreira nos anos 50. Ficou famoso principalmente como o faxineiro Clementino, usando os bordões "Ah, se ela me desse bola" e "Como é boa essa secretária"; também interpretou o Chefinho, que implicava com Dona Dadá; e o gay Magnólio, de "Bicha não morre, vira purpurina".

Colega de SBT, Tupi, Record e Globo, Carlos Alberto de Nóbrega disse que foi pego de surpresa com a notícia da morte do humorista.

"Ele estava muito mal. Conheci Tutuca há mais de 40 anos, no programa 'Noites Cariocas', onde Zé Bonitinho e outros personagens surgiram. Convidei-o para a 'Praça', ficou bastante tempo. Depois, ficou doente e pediu para parar. Cheguei a pedir para Chico Anysio levá-lo para a 'Escolinha'. Era um cara muito boa gente. Tremendo profissional, nunca deu trabalho", recordou em conversa com o portal UOL.

Esposa de Tutuca há 25 anos, Denise José da Silva lamenta que o marido "não andava mais" por causa dos AVCs que sofreu em 2004, 2006 e 2013. Ela lembra que o marido brincava com seu próprio estado de saúde: "Até doente ele era piadista. Gostava do que fazia".

Ele deixa dois filhos e três netos de seu primeiro casamento.



TAGS:

COMENTÁRIOS