Reportar
erro
Notícias

MEC corta gastos da TV Escola e produtora responsável faz demissão em massa


tvescola.jpg
Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 23/06/2015 às 09:47:02

A Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp), contratada pelo MEC (Ministério da Educação) para desenvolver e produzir a TV Escola, um dos canais da instituição, mudou de sede e demitiu 60 funcionários no fim da semana passada.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, a Acerp produzia cerca de três horas de conteúdo por semana, mas esse número caiu 90% devido às demissões. A associação alega que o motivo para as demissões foi a redução de gastos.

A entidade, que antes era gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), no início deste ano passou a ser supervisionada pelo MEC. Essa mudança fez com que houvesse corte de gastos e equipe profissional, já que todo o ministério passa por uma contensão de gastos. O MEC alegou que a associação tem autonomia para tomar qualquer decisão administrativa e que os entendimentos continuarão sendo feitos.

Quem se prejudicou com isso foi a TV Escola, que teve sua produção própria diminuída. Fundada em 1995, a emissora é transmitida via satélite, antena parabólica e cabo e, por lei, está presente em todas as operadoras de TV por assinatura.

A TV Escola exibe 24 horas diárias de séries e programas educativos. Todos os programas produzidos são distribuídos gratuitamente pela internet, menos as premiadas séries internacionais que também são exibidas pelo canal.
 

TAGS: