Reportar erro
Notícias

Trajano lamenta perda da Champions pela ESPN: "esse mercado é muito cruel"

José Trajano falou sobre a perda dos direitos de transmissão da UEFA Champions League

josetrajano-linhadepasse-espn.jpg
Reprodução
Redação NT

Publicado em 06/06/2015 às 14:58:03,
atualizado em 10/05/2021 às 17:01:01

 

Diretor de jornalismo da ESPN Brasil entre 1995 e 2012, quando preferiu reduzir o ritmo e ficar como comentarista titular do programa "Linha de Passse", José Trajano falou sobre a perda dos direitos de transmissão da UEFA Champions League, que pertencia à emissora desde 1995.

Na abertura da edição desta sexta (05) do "Linha de Passe", Trajano lamentou que o canal esportivo da Disney tenha perdido os direitos da principal competição interclubes do mundo, e disse que a transmissão da final deste sábado (06) é especial para todos os profissionais envolvidos: "Eu vou fazer um convite ao fã de esporte e o fã de esporte vai me entender. É meio óbvio, mas não é tão óbvio como você pensa. É que é a última transmissão desse contrato, que se renovava a cada três anos. Tenho certeza que daqui a três anos os canais ESPN vão se empenhar ao máximo para retomar a cobertura e a transmissão dos jogos da Champions League".

Trajano também lamentou que a negociadora dos direitos de transmissão da Champions League não tenha considerado o passado e a tradição de 20 anos de transmissões da ESPN: "Esse mercado é muito cruel, não se leva em jogo, não se leva em consideração o que você fez de carinho, de tratamento, essa coisa toda".

A partir da próxima temporada, o Esporte Interativo transmitirá a Champions League com exclusividade na TV fechada.

Confira o desabafo de Trajano: