Reportar erro
Notícias

Internado após infarto, Walter Casagrande Jr. vai para quarto de hospital

Comentarista vem apresentando melhoras

4a346de0a7f25777468db74ff66b3640.jpeg
Divulgação
Fabrício Falcheti

Publicado em 31/05/2015 às 20:01:06

Internado desde a manhã da última sexta-feira (29), após sofrer um infarto, Walter Casagrande Jr. está se recuperando bem.

Neste domingo (31), o comentarista da Globo, que estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), foi transferido para um quarto do TotalCor, em São Paulo.

A informação foi confirmada pelo hospital.

Casagrande vem melhorando a cada dia, mas ainda não tem previsão de alta.

Walter Casagrande Jr. é considerado um dos mais importantes atacantes do futebol brasileiro na década de 80 e 90. Foi revelado pelo Corinthians em 1980, e em 1982 participou do famoso time da Democracia Corintiana. Os jogadores se mobilizavam em contrariedade às concentrações antes dos jogos, bem como apoiavam o movimento das Diretas Já. Durante esta época, Casagrande viveu a melhor fase de sua carreira, jogando ao lado de craques como Wladimir, Zenon, Biro-Biro e Sócrates.

Jogou a Copa do Mundo de 1986 pela Seleção Brasileira, ficando no banco de um time que tinha Careca e Muller como titulares. Entre 1987 e 1993, jogou no futebol italiano, fazendo muito sucesso no Ascoli e principalmente no Torino, onde foi campeão da Copa da Itália, fazendo dois gols na final. Encerrou a carreira sendo um dos maiores artilheiros do Corinthians, com 256 e 103 gols anotados.

Desde 1996, é comentarista esportivo. Começou a carreira na ESPN Brasil, mas em 1997 foi contratado pela Globo. Na noite do dia 28 de setembro de 2007, o ex-jogador sofreu um grave acidente de carro e ficou internado no Hospital Albert Einstein. Casagrande chegou a ficar em coma por 24 horas, mas recuperou-se rapidamente, recebeu alta e, alguns dias depois, foi internado em uma clínica para dependentes de drogas, por conta da sua dependência em heroína, cocaína e chá de cogumelo.

Segundo informações da revista Placar, Casagrande só poderia deixar o local quando recebesse alta dos médicos, e não por vontade própria. Ele ficou isolado, tendo apenas contato com os médicos e podendo conversar com a família nos dias de visita.

Retornou à televisão participando do programa "Arena SporTV", no dia 20 de abril de 2009, quase dois anos após o incidente. Voltou para a Globo em 22 de junho de 2009 no "Globo Esporte", mas o seu retorno as transmissões de partidas de futebol aconteceu em 29 de julho de 2009, de onde nunca mais saiu.

Na última quarta (27), comentou o jogo entre Palmeiras e ASA (AL), pela Copa do Brasil.

Mais Notícias