Emílio Surita e Rachel Sheherazade batem de frente no "Pânico no Rádio"

Foto: Reprodução

Publicado em 17/04/2015 às 12:32:31

Por: Sem autor

Rachel Sheherazade voltou a se envolver em nova polêmica nesta quinta-feira (16). Mas desta vez não foi na bancada do "SBT Brasil".
 
A jornalista foi convidada para participar do programa "Pânico no Rádio", na rádio Jovem Pan - onde Sheherazade também é apresentadora -, para falar sobre política e outros assuntos, mas o bate-papo acabou virando um verdadeiro embate entre ela e o apresentador Emílio Surita. 
 
Os dois discordaram sobre o assunto maioridade penal e os ânimos se exaltaram. "As pessoas que tem piedade, são tão bondosas e compreensivas... Por que essas pessoas não pegam os bandidinhos e 'bandidões' e não abraçam, não empregam em seus negócios?", questionou a âncora do SBT. 
 
Emílio discordou de Rachel e perguntou se essa atitude resolveria a criminalidade no país. Em resposta, a jornalista disse que a criminalidade pode ser contida. Surita disse que o Brasil é o terceiro país em número de presos, perdendo apenas para os Estados Unidos e China e que se reduzisse a idade penal haveria um número ainda maior de adolescentes presos. 
 
Emílio também pontuou que o Brasil não tem estrutura para os jovens, por isso a alta criminalidade, e que o Brasil não é a Noruega. 
 
Rachel discordou, dizendo que o adolescente no Brasil tem as mesmas informações que o adolescente do país europeu, que tem o melhor índice de desenvolvimento humano do mundo. Emílio riu, ressaltou várias vezes que o elenco do programa estava extremista e disse: "Assustar a população dá muito voto". 
 
Veja a íntegra da participação de Rachel Sheherazade no "Pânico no Rádio", da Jovem Pan FM: 



COMENTÁRIOS