Reportar erro
Notícias

Adnet fala sobre "Tá no Ar" e revela censura de esquete na MTV Brasil

adnetagressao.jpg
Divulgação
Redação NT

Publicado em 10/02/2015 às 09:02:19

Prestes a estrear a segunda temporada do elogiado "Tá no Ar - A TV na TV", o humorista Marcelo Adnet falou sobre o programa e sobre a parceria com Marcius Melhem e Maurício Farias, co-criadores da atração.

Em entrevista para o jornal O Globo, Adnet contou que um dos quadros que ele gostava teve que ser retirado do ar na segunda temporada, porque não funcionava bem no vídeo, e o programa precisa estar acima de sua vaidade: "Teve um militante que eu adorei, que falava da nudez e batia no mamilo. Era maravilhoso, mas teve que rodar porque não funcionava tão bem. E o programa tem que estar acima da minha vaidade".

As críticas feitas no programa, frisa Adnet, nunca foram censuradas pela direção da Globo. Ao contrário de um caso ocorrido na extinta MTV Brasil, emissora em que trabalhou de 2008 a 2012, o humorista revela que teve um trecho de esquete, que citava a revista Veja censurado pela Abril, dona do canal: "Tinha um esquete no 'Comédia MTV', o 'Indiretas já', que era uma paródia do Chico Buarque cantando 'Roda Viva' no 'Festival da Canção', com uma letra que falava da televisão e da politica brasileira. A letra fazia uma menção à revista Veja, e um diretor da MTV, ineditamente, me chamou e falou: 'Marcelo, vou te pedir uma coisa. Não fala da Veja'. E eu mudei o trecho. Mas, no 'Tá no Ar', nem isso eu tive. Então, eu posso dizer que estou experimentando uma liberdade maior do que a que eu tinha na MTV. E não estou mentindo. Sinto desapontar as pessoas com isso".

A nova temporada do "Tá no Ar" começa a ser exibida nesta quinta (10), logo após o "Big Brother Brasil 15", na Globo.