SBT lançará edições locais do "Notícias da Manhã" pelo Brasil

Reprodução

Publicado em 19/01/2015 às 08:14:42

Por: Fabrício Falcheti

Lançado em junho do ano passado, o "Notícias da Manhã" será expandido pelo SBT.

De forma inédita, a emissora fará uma padronização no seu jornalismo e estreará edições locais do telejornal, que começou sob comando de César Filho e atualmente é ancorado para todo o Brasil por Neila Medeiros.

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo NaTelinha, o "Notícias da Manhã" começará com versões em Pernambuco, através da afiliada TV Jornal, e Paraíba, pela TV Tambaú.

A estreia acontecerá em fevereiro e a ideia é aos poucos ir lançando mais edições pelo Brasil.

O horário destinado para a faixa local do noticiário é das 07h às 08h, dividindo espaço com o programa de Neila Medeiros, que começa às 06h.

A padronização de jornais é bastante comum na Globo, com os "Bom Dia Praça", e na Record, que conta com versões do "Balanço Geral" em todo o Brasil.

Em tempo:

Em São Paulo, o "Notícias da Manhã" está passando por um momento turbulento no quesito audiência.

Desde que Neila assumiu a apresentação, com a saída de César Filho para a Record, o telejornal vem caindo. Na semana passada, por exemplo, chegou ao seu recorde negativo: 1,8 ponto.

Levantamento feito pelo NaTelinha mostra que em novembro a média foi de 3,7 pontos. Já em dezembro, o jornal fechou com 3,3, ainda números interessantes.

A queda começou no início deste mês. Nos primeiros 15 dias de janeiro, o jornal acumula média de 2,5 pontos. Na semana passada, o caso se agravou: a média é de 2,0 pontos.

Vários fatores podem ser considerados para esta queda: a estreia do "Hora Um", na Globo, em dezembro, que impede um melhor desempenho da reprise do "Jornal do SBT", que entregava bem na audiência até algum tempo, além de investimentos mais fortes da Record e da Band na faixa.

Enquanto a primeira colocou Fabíola Gadelha no "Balanço Geral Manhã", a segunda incluiu Luiz Bacci no "Café com Jornal", que já se aproxima da emissora. Ontem, por exemplo, o SBT empatou 47 minutos com Bacci.

Apesar disso, o SBT segue acreditando no formato, tanto que agora irá expandí-lo para edições locais e acredita na recuperação em São Paulo.



COMENTÁRIOS