Reportar erro
Notícias

Especial produzido pela RBS TV passará na Globo Internacional

rbs-alemanha-oktoberfest.jpg
Equipe da RBS na Alemanha - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 11/12/2014 às 09:47:25

O programa especial da Oktoberfest, produzido em Munique e Blumenau pela equipe da RBS TV, afiliada da Globo no Sul do Brasil, foi selecionado para ser exibido na Globo Internacional neste próximo domingo (14).

Assinantes das comunidades brasileiras em Nova Iorque (EUA), Paris (França), Lisboa (Portugal) e Luanda (Angola) assistirão ao programa especial "Viva Oktoberfest – de Munique a Blumenau", exibido no dia 18 de outubro em Santa Catarina.

A equipe da emissora de Blumenau viajou para a Alemanha e registrou todos os detalhes da festa de Munique. O material foi transformado em programa especial como parte das ações da campanha Viva Blumenau e do aniversário de 35 anos da RBS TV em Santa Catarina, completados em 2014.

"A exibição do programa pela Globo Internacional é um orgulho para a RBS TV catarinense. Mostra a capacidade e a qualidade que temos para produzir conteúdos de alta relevância para o nosso Estado, e que agora poderá ser visto por telespectadores do mundo todo. É uma oportunidade para mostrar que a Oktoberfest é uma festa de expressão internacional", declara Anselmo Prada, gerente de programação da RBS TV em Santa Catarina.

Em alta definição, o especial mostra a história, a cultura e os personagens que tornam a Oktoberfest da Alemanha uma referência, uma inspiração para a maior festa alemã do Brasil.

"Com este tipo de conteúdo, ratificamos o posicionamento da Globo no exterior, em criar um canal de comunicação com a comunidade brasileira, além de oferecer um tema interessante para os nossos assinantes dos países de língua portuguesa. Exibir programas das afiliadas, como a RBS TV, reforça a importância do canal internacional da Globo para os brasileiros que vivem fora do país. É o estabelecimento da conexão com o Brasil como um todo, fora do eixo Rio-São Paulo, numa proposta de regionalização global", argumenta Paula Vieira, gerente de programação da Globo Internacional.